O Google suspendeu centenas de contas utilizadas por pessoas que tentaram tirar vantagem de uma brecha no sistema de imposto dos EUA e queriam lucrar com a revenda dos smartphones Pixel. Embora as contas tenham sido restauradas depois de alguns dias, o caso cria um precedente para os usuários do Google.

• O que dizem os reviews do smartphone Google Pixel
• O espaço Made by Google quer convencer você a comprar as últimas novidades da empresa



Membros do site Dan’s Deals relataram que tiveram suas contas bloqueadas após tentarem revender os celulares Pixel. O bloqueio fez com que eles perdessem acesso ao Gmail, Google Drive, Google Fotos e outros serviços da companhia. Os usuários também não conseguiam autenticar o login de outras contas.

Cerca de 200 pessoas afetadas receberam emails que afirmavam que todos os seus dados seriam apagados se elas não conseguissem recorrer da suspensão.

Os usuários bloqueados supostamente estavam comprando celulares da operadora Project Fi do Google e os enviando para uma revendedora em New Hampshire, um estado sem imposto sobre vendas. O revendedor prometia dividir o lucro com os compradores originais. O site vem explorado essa brecha há anos com outros celulares Android e afirma nunca ter tido problemas.

Em um comunicado enviado ao Gizmodo, um porta-voz do Google disse:

Identificamos um esquema em que pediam para que consumidores comprassem dispositivos Pixel em benefício de uma revendedora, que então aumentava os preços dos dispositivos para vendê-los para outras pessoas.

Nós proibimos a revenda comercial dos dispositivos comprados por meio do Project Fi ou da Google Store para que todos tenham a mesma oportunidade de comprar os aparelhos por um preço justo.

Muitas das contas suspensas foram criadas com o único propósito de servir à este esquema, mas como alguns dos consumidores não estavam cientes destes Termos de Venda e agora estão com acesso bloqueado aos serviços Google, estamos restaurando o acesso.

Não é incomum que serviços de tecnologia suspendam contas que violem termos de serviço, mas um conglomerado como o Google às vezes pode exagerar na punição por um mau comportamento ao repreender severamente pequenas infrações. As pessoas estão presas aos serviços da companhia, e suspensões grandes como essa podem ter sérios impactos.

Felizmente para esses consumidores, nem toda a esperança está perdida. O pessoal do Dan’s Deals relata que as contas suspensas já foram reativadas. Esta é a mensagem que usuários receberam:

Olá usuário Google,

Sua Conta Google foi suspensa como parte de um esforço para evitar fraudes, baseado na violação dos nossos Termos de Serviço e Termos de Venda para Dispositivos. Depois de revisar o seu recurso, estamos reativando sua conta.

O Google leva a sério a violação dos nossos termos e pedimos que você revise nossos termos e políticas para produtos para assegurar que os compreendeu. Repetidas violações dos nossos termos podem levar ao encerramento da conta.

Para acessar sua conta Google, por favor faça o login. Quando você entrar, será pedida a verificação de um código de segurança por SMS. Uma vez que você verificar o código, poderá acessar sua conta novamente.

Por último, mas não menos importante, queremos lembrar que os usuários Google podem sempre exportar e baixar seus dados de produtos como o Gmail, Fotos e Drive enquanto suas contas estão ativas. Em apenas alguns passos, você pode criar um arquivo para manter todos os seus registros ou fazer um backup dos seus dados para outro serviço. Mais informações sobre o backup podem ser encontradas em google.com/takeout.

Toda essa história é atípica e mostra como o Google tem tentando ter mais controle sobre a distribuição dos seus produtos. Obviamente, só a criação do Pixel já é um bom indicador que a companhia quer ter mais controle sobre a venda dos smartphones Android no geral – mas isso mostra que o Google está levando a sério a forma como as pessoas compram e iniciam toda a experiência na plataforma.

Foto por AP