É difícil para a maioria de nós recordarmos como era a vida antes da invenção do Google Maps. Eu me lembro de ter de pesquisar direções no Guia Mais previamente, imprimir as instruções e ser uma espécie de copilota de quem estava dirigindo para chegar ao destino.

Agora, para o 15º aniversário do Google Maps, comemorado nesta quinta-feira (6), a ferramenta anunciou uma boa repaginada no iOS e no Android, junto com mais informações de transporte público, melhorias no Live View e um ícone novo comemorativo.

Novo visual



A atualização mais importante no Google Maps em dispositivos móveis é o novo layout, que foi reorganizado em cinco abas: Explorar, Dia a Dia, Salvos, Contribuir e Novidades.

Novas abas do Google Maps, que vão ser disponibilizadas a partir de março de 2020

Como já ocorre, a guia Explorar fornecerá informações de atrações locais, como restaurantes e casas de show, enquanto Dia a Dia mostra a melhor rota de casa para o trabalho (ou vice-versa), enviando atualizações em tempo real sobre tráfego, rotas alternativas e mais.

A aba Salvos dá a você acesso rápido a todos os estabelecimentos e lugares que você já pinou (marcou) no Google Maps, além de permitir compartilhar facilmente esses locais salvos com terceiros.

Agora também tem a aba Contribuir, que deve facilitar a tarefa de fornecer feedback e criar avaliações de locais que você já esteve. Além disso, para quem participar do programa de Guias Locais do Google, essa aba também deve servir como um portal mais simples para contribuir com informações para o app.

Novas abas do Google Maps

E para completar o novo design do Google Maps tem a aba Novidades (que substitui a antiga aba Para Você), que contém um feed de locais novos, populares e imperdíveis, incluindo escolhas e recomendações de especialistas do local onde você estiver, e mais. Nesta guia, você também poderá se comunicar diretamente com empresas, sem precisar ligar ou visitá-las pessoalmente.

A mudança de visual estará disponível globalmente para os usuários a partir de março.

Com isso, o Google Maps parece querer marcar essa transição em sua adolescência mostrando  que amadureceu e deixou de ser uma simples ferramenta de mapas para oferecer agora um serviço completo de mobilidade para que as pessoas explorem cidades.

A repaginada acaba aproximando o Maps de uma plataforma mais similar a uma rede social. Afinal, permite que as pessoas criem um perfil com suas rotas e preferências, sigam outros usuários, compartilhem informações e dicas de locais, e acompanhem um feed com novidades sobre locais badalados.

Muito mais do que apenas reunir informações sobre as cidades, o Google Maps quer incentivar as pessoas a produzirem mais conteúdo para a plataforma distribuí-lo. Uma das estratégias para isso, além do programa de Guias Locais, é se aproximar de donos de estabelecimentos. Com o Google Meu Negócio, a ferramenta oferece uma solução para pequenos empreendedores, principalmente, promoverem e gerenciarem seu negócio.

Além de tudo isso, o Google está reformulando o ícone do Maps com um pin vermelho, azul, amarelo e verde para corresponder ao logotipo multicolorido tradicional do Google e refletir essa transformação de um aplicativo de mapas para um serviço completo de mobilidade.

Ícone comemorativo do Google MapsÍcone comemorativo do Google Maps

Mais informações de transporte público e para locomoção

Quanto ao transporte público, o Google está adicionando informações para ônibus, metrôs e trens para incluir detalhes sobre temperatura, acessibilidade, segurança a bordo e se existem seções designadas para mulheres.

No Brasil, a boa notícia é que o Google passará a mostrar informações de transporte público em tempo real em 60 cidades. Algumas das adições são: Brasília (DF), Guarulhos (SP), Osasco (SP), São Caetano do Sul (SP), Salvador (BA), Recife (PE), Natal (RN), Maceió (AL) e Niterói (RJ). A má notícia é que a empresa se limitou apenas a dizer que isso estará disponível nos próximos meses, sem dar uma data exata.

O Google diz que muitas das informações vêm de passageiros, então para continuar a contribuir para o Google Maps, a empresa sugere que as pessoas sempre mantenham o app atualizado. Além disso, a empresa disse que a partir de março terá um programa global de pesquisas.

Por fim, após estrear no ano passado, o Google está melhorando o Live View com novas sobreposições de realidade aumentada, que combinam fotos do mundo real com setas de direção que ajudarão a direcioná-lo para o local certo. Isso já funciona para pedestres, mas, no futuro, a empresa diz que quer implementar no transporte público também, para que a pessoa possa visualizar as linhas de ônibus, metrô e trem que estão se aproximando e embarcar no veículo correto.

Live View no Android em potuguês

(Com informações de Sam Rutherford e Guilherme Tagiaroli)