Governo americano abre vagas e caça talentos em tecnologia digital

A ideia é melhorar os serviços digitais oferecidos por sites de entidades governamentais dos EUA. Como? Contratando profissionais de tecnologia e segurança da informação

profissionais de tecnologia

Imagem: Pexels

O governo americano quer diminuir o impacto do chamado “Big Quit”, movimento de demissão voluntária em massa que ocorreu no país na metade de 2021. Para isso, Joe Biden planeja incentivar a criação de novas vagas e oportunidades para profissionais da área de tecnologia.

A ideia é melhorar os serviços digitais oferecidos por sites de entidades governamentais americanas. Como? Contratando profissionais de tecnologia e segurança da informação para fazer as melhorias necessárias.

Biden já havia sinalizado suas preocupações em relação à privacidade e segurança da informação nos Estados Unidos em agosto do ano passado. À época, o presidente americano se reuniu com líderes de grandes empresas do Vale do Silício para discutir estratégias de combate à onda de ciberataques que os EUA presenciou durante a pandemia.

O governo enxerga na nova proposta uma oportunidade de captar profissionais que, por conta das dificuldades impostas pela pandemia, desejam fazer uma mudança na carreira.

O presidente sancionou uma medida em dezembro de 2021 solicitando a órgãos públicos que melhorem a prestação de serviços para o cidadãos, principalmente online. Estamos falando, aqui de demandas como pedidos de passaporte e benefícios de aposentados.

A intenção é contratar profissionais com experiência em tecnologia e experiência do usuário para diminuir o estigma de lentidão e ineficiência que normalmente é atribuído ao serviço público. O setor de segurança cibernética sofre com escassez de profissionais. Então, as entidades públicas lutam para conseguir bons profissionais mesmo com a alta demanda do setor privado.

Em agosto de 2021, aproximadamente 4,3 milhões de trabalhadores americanos decidiram sair de seus empregos. Isso significa que 3% dos americanos aptos a trabalhar deixaram o mercado de trabalho.

Alguns especialistas veem o movimento como uma resposta à política de estagnação salarial adotada por todo o país, o que fez com que funcionários insatisfeitos com baixas remunerações e sem perspectiva de aumento preferissem deixar suas posições.

Por isso, os trabalhadores buscam outras posições de trabalho com melhores salários e que possam lhes proporcionar melhor qualidade de vida. Com a retomada mais forte da economia americana após vários meses de ritmo lento por conta da pandemia, a economia volta a dar sinais de que terá um bom desempenho. Por tabela, sobe também a demanda por trabalhadores, sobretudo no setor de tecnologia, que assim como no Brasil, tem demanda cada vez maior por bons profissionais.

 

Sair da versão mobile