O hacker YamaTough publicou o código fonte do software pcAnywhere, da Symantec. O programa é utilizado por pessoas comuns e empresas para acessar remotamente computadores pessoais. A publicação aconteceu após uma tentativa de extorsão de US$50 mil revelada ontem à noite.

Após entrar na rede da Symantec e pegar o código fonte do pcAnywhere e do Norton Antivirus, YamaTough disse à empresa que os softwares dela continham brechas que permitiriam que governos espiassem pessoas e empresas. De acordo com a troca de e-mails, ele também disse que iria publicar essas informações e o código caso a Symantec não lhe pagasse US$50 mil.

Após a ameaça, a Symantec entrou em contato com o FBI. Os agentes fingiram ser funcionários da Symantec, em busca de provas de extorsão. A troca de e-mails mostrando a conversa entre YamaTough — que diz ser associado ao Anonymous e ao AntiSec — e o FBI foi publicada na última noite. Essa foi a última mensagem de YamaTough:

Como o código não foi revelado e nossa conversa por e-mail também não, nós lhe daremos 10 minutos para decidir qual caminho vocês irão escolher após dois dos códigos do PCAnywhere e do Norton Antivirus serem publicados em um arquivo com tamanho de 2250MB (rar) 10 minutos, se não tivermos resposta nós entenderemos isso com um INÍCIO e nós já fizemos mirrors dos arquivos, então será difícil eliminá-lo.

Ele completou a primeira parte da ameaça, publicando um arquivo de 1.27GB com o código fonte do pcAnywhere no Pirate Bay.

Eu gosto quando hackers publicam verdades escondidas e denunciam brechas para que todos fiquem sabendo. No entanto, pedir dinheiro para não publicar a informação não é só hipócrita e criminoso, é ruim em todos os sentidos. Isso não é lutar pelo direito de ninguém. Isso é só uma tentativa de ganhar dinheiro fácil. [Pirate Bay via Computer World]