O HAL 9000 foi o primeiro assistente digital suspeito da ficção. Antes de convidarmos Alexa, Google Home e Siri para entrarem em nossas vidas e vigiarem tudo o que fazemos, havia o computador de 2001: Uma Odisseia no Espaço. Era uma inteligência artificial tão assassina que chega a surpreender que alguém tenha visto tudo que ele fez e pensado, “bom, até que não é tão ruim assim”.

Usuários relatam risadas malignas aleatórias vindas da Alexa
Um Amazon Echo gravou conversa entre casal e a enviou para outro usuário

Mesmo nos dando motivos até hoje para desconfiarmos de máquinas desse tipo, precisamos admitir que ele tem uma aparência bem legal. Então é natural que alguma empresa criasse uma réplica dele. Foi o que a Master Replicas Group fez: uma reprodução cenográfica praticamente perfeita do HAL 9000 para quem quiser levá-lo para casa. Ah, ele também é uma caixa de som Bluetooth.

Com o preço de US$ 600, ele é destinado a quem realmente curte o HAL. Ao contrário de outras réplicas do tipo, essa aqui está bem longe de ser um bugiganga baratinha.

O alto-falante é oficialmente licenciado pela Warner Bros. e seu design é baseado no original do filme — os designers estudaram as principais cenas e as anotações do filme, assim como os materiais do cenário. O resultado final é uma construção bastante fiel ao original (exceto, claro, a caixa de som Bluetooth).

A fidelidade ao design do filme tem umas coisas bem legais. Por exemplo: a lente é uma Nikon acoplada usando a tradicional F-mount da marca. Teoricamente, você poderia desrosquear e rosquear em qualquer lente antiga F-mount que você tivesse.

O alto-falante, na demonstração que vimos, parecia bastante razoável, mas a aparência era bacana o suficiente para me deixar com vontade de ter esse gadget.

A verdadeira estrela do show é o Command Console opcional. Com ele, o preço do brinquedo salta para impressionantes US$ 1.200. É um produto, para deixar claro, que tem apelo apenas entre pessoas que nutrem uma paixão muito profunda por 2001 e que estão com dinheiro para jogar fora. A Master Replicas Group limitará a produção a apenas 2001 unidades.

Mas, cara, essa coisinha é cara, mas é muito bonita. O painel montado na parede tem imãs que fazem o alto-falante ficar no lugar. Você também passa a ter uma tela de 10,1 polegadas, com animações meticulosamente reproduzidas do longa. Aperte um botão e você pode falar com o HAL. Os microfones, atualmente, requerem que você aperte um botão para o negócio funcionar. Faça perguntas e ele atuará como no filme. Fale que quer jogar um jogo e uma animação de jogo de xadrez aparece. Aperte outro botão e o HAL mata todo mundo (de brincadeirinha).

Essa diversão boboca não vale o preço, claro. O entusiasmo da MRG pelo produto e as possibilidades futuras o tornam um pouco mais interessante para nós que não somos tão obcecados assim por 2001.

“É a primeira réplica cenográfica que você pode atualizar de verdade”, disse um representante da empresa ao Gizmodo. Os updates de software vão vir pela internet e dar novas funções daqui a algum tempo. É possível, inclusive, que ele passe a ter suporte a assistente de voz, como Google Home e Alexa, e também consiga se conectar à sua casa inteligente.

Claro, há jeitos muito mais baratos de controlar as coisas de casa ou ter a Alexa. Há, inclusive, painéis de parede muito mais baratos que já vem com esses recursos.

Mas, aqui, você não está pagando por tecnologia de última geração. Com essa réplica, você está pagando caro porque é legal convidar um robô assassino para entrar em sua casa. Outras opções podem ter mais recursos e serem mais baratas, mas essa aqui é quase sempre a mais charmosa.

Se você ficou interessado, a campanha no Indiegogo começou há alguns dias. A caixa de som tem um desconto e sai por US$ 420, enquanto o pacote completo fica por US$ 900. A MRG já fabrica um adorável pendrive em formato de mini HAL 900. Por isso, dá para acreditar que a empresa vai cumprir sua promessa de entregar a caixa de som no começo de 2019. Mas, claro, como toda campanha de crowdfunding, você está investindo em um produto ambicioso por sua conta e risco.

[Indiegogo]