No papel, o novo Dell XPS 13 parece incrivelmente bom para o preço inicial de US$ 799 nos EUA. Ele nos fez perguntar: qual é a pegadinha? Eu vi o laptop em pessoa, e para ser honesto eu não consegui encontrar nenhuma pegadinha. Ele parece fantástico.

>>> Dell XPS 13: laptop com fibra de carbono e 15 horas de autonomia por US$ 799

A primeira coisa a notar sobre o novo XPS 13 é a tela. Não tanto o que está lá – uma bela resolução de 3200×1800 pixels – mas o que não está. Praticamente não há nenhuma borda aqui. Esta tela não se expande exatamente de uma borda até outra, mas chega perto – e impressiona.

Dell XPS 13 - teste (2)

O restante do design no XPS é igualmente fantástico. O exterior de alumínio e bordas polidas o deixam muito elegante quando está fechado. Ele tem uma espécie de beleza angular que gosto de ver em laptops. Abra-o para encontrar a base de fibra de carbono e o apoio para os pulsos com toque suave. Isso lembra o interior de um Lenovo Yoga Pro, o que é um grande elogio para laptops.

E o teclado, por sinal, é ótimo. Eu só digitei algumas palavras, mas ele pareceu instantaneamente familiar. As teclas não se movem tanto quando são pressionadas, o que é proposital: elas dão uma sensação bastante adequada aos dedos, sem serem moles e macias demais, nem muito rasas.

Dell XPS 13 - teste (3)

Ajuda, também, que o laptop seja bastante sólido. Eu não consegui encontrar pontos de flexão nas XPS, e eu tentei bastante. Mesmo aplicando bastante pressão com os dedos no teclado, ele não se move para baixo. Tentei torcer a tela, e ela se saiu muito melhor do que o meu MacBook Air.

Com 15 mm de espessura e 1,26 kg, ele é um pouco mais fino e mais leve do que o Macbook Air de 13″, mas seu design é tão firme e resistente que o laptop parece ser super-robusto.

Dell XPS 13 - teste (4)

A Dell não tinha disponível a versão mais básica, que custa os US$ 800, mas todas elas são feitas de alumínio usinado e base de fibra de carbono, e possuem teclado retroiluminado. As diferenças ficam nas especificações.

O XPS 13 está à venda nos EUA em basicamente quatro versões: Core i3 ou Core i5 com tela Full-HD; e Core i5 ou Core i7 com touchscreen Quad HD.

Os processadores são da 5ª geração Broadwell da Intel, que consomem menos energia. A Dell promete 15 horas de bateria para os modelos Full-HD, e 12 horas para os modelos Quad HD.

As especificações básicas incluem: 4 GB de RAM, SSD de 128 GB, Wi-Fi com MIMO e suporte a 802.11ac mais rápido, Bluetooth 4.0, duas portas USB 3.0, uma Mini DisplayPort e entrada para cartão SD.

Vamos ver como o Dell XPS 13 se sai no dia a dia em reviews, mas a partir de uma sessão rápida com o laptop, ele parece tão agradável em pessoa como no papel.