No mundo dos laptops, o Dell XPS 13 leva a fama por ter um ótimo design, excelente tempo de bateria e uma tela com uma moldura super pequena. No entanto, o que a maioria das pessoas não sabe é que o laptop com mais espaço de tela disponível no mundo não é um Dell, mas um feito pela Huawei.

Embora a Huawei faça bons smartphones já há alguns anos, a companhia só entrou no ramo de laptops em 2017, sendo o Matebook X o seu modelo mais notável. Mas no Mobile World Congress 2018, a Huawei pensou que poderia melhorar ainda mais seu modelo anterior, e assim surge o Matebook X Pro.

Samsung apresenta o novo Galaxy S9 com mesmo jeitão do S8 e câmera bem esperta
Mais sobre o Mobile World Congress

Dando uma olhada inicial nele, chama a atenção a moldura da tela. Medindo 4 milímetros em cada lado, essas molduras super pequenas resultam em uma relação tela-corpo de 91%. Para ter uma referência, o novo Dell XPS 13 tem um fator tela-corpo de 80,7%, enquanto no mundo dos smartphones, o Galaxy S8 tem uma relação tela-corpo de 84,2%.

Esta tela é bem bonita. Imagem: Sam Rutherford/Gizmodo

Mais importante que a tela é o que tem abaixo dela. Diferente de outros ultraportáteis topo de linha, o Matebook X não tem um “queixo” — aquele painel feio onde geralmente fica a câmera. Isso significa que a Huawei conseguiu colocar uma tela de 14 polegadas em um corpo de um laptop tradicional de 13 polegadas.

Olha lá a câmera aparecendo

Então, olhando ainda mais de perto, as coisas começam a ficar mais interessantes quando passamos a analisar a vantagem de quase não ter bordas. Onde está a webcam? Esta é a parte que eu mais gosto: em vez de colocá-la próxima à tela, a Huawei a escondeu no teclado — basicamente, ao apertar um botão, ela logo aparece. E embora a câmera tenha um problema de captar o queixo da pessoa (lembre-se, ela está posicionada em baixo, e você e seu cabeção estão em cima), ela é melhor que a do Dell XPS 13 e está em um conjunto super esperto.

Olhando de cima nem dá para perceber que tem uma câmera que é acionada ao apertar um botão. Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

E para pessoas paranóicas com a espionagem de governos ou hackers, a câmera pop-up da Huawei é uma boa opção. Quando está escondida, além de não poder captar imagem, o microfone não ouve o que for dito. Até que enfim uma solução inteligente para uma preocupação crescente de espionagem — Mark Zuckerberg que o diga.

As coisas legais não param por aí, pois a tela touchscreen do Matebook X Pro conta com uma resolução de 3.000 x 2.000, então tudo parece super nítido e ainda conta com um brilho impressionante de 450 nits. O laptop tem uma das telas mais coloridas e vibrantes que eu já vi, mesmo não tendo um display OLED.

Por dentro, o X Pro tem boas especificações, graças à escolha pela 8ª geração de CPUs Intel Core i5 ou i7, 16 GB de RAM e 512 GB de armazenamento SSD — há ainda opção de usar uma CPU Nvidia MX 150. Até a parte de conectividade recebeu um bom upgrade, o laptop conta com duas portas USB-C e uma porta USB-A, que deve agradar quem tem periféricos com o padrão antigo.

O laptop é carregado via porta USB-C. Imagem: Sam Rutherford/Gizmodo

Nos Estados Unidos, a Huawei vai fornecer ainda um docking hub, o que é uma boa adição para quem precisa de mais portas, um ano de Office 365 gratuito e uma opção para instalação do Windows 10 Signature Edition. Isso significa que não tem bloatware. De fato, o sistema é tão limpo que não há nenhum app da Huawei ou ícone fora dos padrões do Windows 10.

No botão que liga existe um sensor de biometria. Imagem: Sam Rutherford/Gizmodo

E como a versão anterior, o Matebook X Pro vem com um sensor de biometria no botão de ligar, e os alto-falantes Dolby Atmos estão ainda mais altos.

Ainda não há previsão de preço ou data para lançamento. Porém, durante o tempo que mexi no aparelho, Ankit Jhaveri, head de computação móvel da Huawei, disse que o preço seria “disruptivo”. Embora eu ache muito difícil que o laptop seja barato, espero que ele esteja certo, pois o Matebook X Pro parece um dispositivo bem bacana.

Imagem do topo por Sam Rutherford/Gizmodo