Triz Jefferies de 23 anos deve estar passando por maus bocados atualmente. Aparentemente, alguém com um senso de humor cruel decidiu postar seu nome e foto numa página do Facebook dedicada a achar o estrangulador de Kesington, um estuprador e assassino em série.

Como resultado do post no Facebook, “um grupo de pessoas começou a enviar mensagens de texto e postar flyers” e repostar a acusação de que Jefferies estava relacionado a pelo menos três assassinatos e vários estupros. O homem finalmente chamou a polícia e pediu para limpar seu nome depois que uma multidão enfurecida se reuniu ao redor de sua casa:

Com medo da multidão cercando sua casa, o homem se submeteu a um teste de DNA e foi inocentado no caso. Ele contou à policia que ele achava que alguém estava “tentando zoar comigo”.

A polícia está investigando quem está por trás da falsa informação.

Charles Ramsey, comissário da polícia, reiterou a inocência do homem em uma conferência de imprensa hoje.

“Ele não é um suspeito, ele não tem nenhuma ligação com isso,” disse Ramsey.

Ainda há alguns flyers e mensagens circulando no Facebook acusando Jefferies dos crimes, mas a polícia está lembrando as pessoas a prestar atenção nos anúncios oficiais do Departamento de Polícia local e não a mensagens aleatórias no Facebook.

[ABC via Brisbane Times]