A Huawei vem se tornando notável por apresentar bons smartphones de topo de linha, comparáveis aos aparelhos da Samsung e da Apple. Nesta terça-feira (26), a companhia apresentou em Paris seus novos modelos, o P30 e o P30 Pro.

O destaque dos aparelhos está nas câmeras. Para começar, o sensor de 40 megapixels, presente nos dois aparelhos, consegue captar 40% mais luz comparado com os concorrentes. O sensor também conta com um novo esquema de pixels, o RYYB. Em vez de ter dois pixels dedicados à luz verde, ele tem dois dedicados ao amarelo, capturando as luzes vermelha e verde.

Além disso, a marca é conhecida por empregar ISOs gigantes — quanto maior o ISO, maior a sensibilidade do sensor à luz. No P30, o número chega a 204800, enquanto no P30 Pro atinge 409600 — a título de comparação, uma câmera DSLR Canon 5D Mark IV tem ISO de 102400.

Com relação às lentes, o P30 tem um conjunto triplo, composto por uma wide, uma ultra wide e uma zoom de 3x.

Já o P30 Pro vem com um conjunto quádruplo, que conta também com lentes wide e ultra wide, uma zoom de 5x e uma câmera time-of-flight, usada para captar a profundidade das fotos, o que pode ser útil para retratos.

Na prática, isso deve ajudar a captar imagens em ambientes com pouca luz com muitos detalhes.
Em tempo de Lua cheia, o que mais tem é gente tentando captar as imagens com seus aparelhos. Segundo a Huawei, o P30 Pro, no modo automático, consegue facilmente capturar fotos de nosso satélite natural. A proeza é alcançada graças a um zoom máximo 50x, que combina zoom digital e zoom óptico, e um sistema de estabilização óptica das lentes. O Galaxy S10 tem um modo específico para esse tipo de cena.

Comparativo fotos de lua Huawei P30 Pro, Galaxy S10 Plus e iPhone Xs Max

A empresa também destacou a capacidade de fotos noturnas em iluminação praticamente inexistente, seja para situações dentro de ambientes fechados à noite ou para fotos do céu noturno.

Nem tudo é fotografia nos Huawei P30 e P30 Pro, porém. A empresa também promete melhorias de desempenho em relação à geração anterior, tanto para processamento de dados quanto para processamento gráfico.

O aparelho roda Android 9, com a EMUI 9.1. Uma das inovações da interface é uma navegação por gestos, que pode substituir os botões virtuais que ficam na parte de baixo da tela. Deslizar o dedo de cada uma das bordas laterais funciona como o Voltar; deslizar o dedo da borda inferior para cima funciona com o botão Home, e se você fizer isso e mantiver o toque na tela, funciona como o Multitarefas.

O aparelho também tem uns recursos extras que parecem interessantes.

Ao fazer exercício, em vez de deixar o aparelho no bolso para detectar o nível de corrida, basta colocá-lo no equipamento que ele conseguirá saber o ritmo da sua corrida pelo nível de vibração da esteira.

Em alguns países, a Huawei possibilitará que o smartphone se transforme em uma chave. Segundo a marca, pelo menos 7 modelos de veículos Audi poderão ser ligados com o smartphone graças à tecnologia Intelligent Digital Car Key. Apesar da aplicação para veículos, o sistema é compatível também para casas ou escritórios com fechaduras inteligentes.

As baterias para fazer tudo isso funcionar parecem alinhadas com os smartphones de hoje em dia. A do P30 tem capacidade para 3.650 mAh, enquanto a do P30 Pro leva 4.200 mAh. Já o carregador rápido parece um nível acima: ele tem 40 W de potência, e promete chegar a 70% da capacidade do P30 em apenas meia hora. Também tem carregamento sem fio de 15W.

Especificações

Aqui estão as especificações dos dois aparelhos.

Huawei P30

Huawei P30

  • Processador Kirin 980
  • Sistema: Android 9 Pie
  • Memórias: 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento
  • Tela: 6,1 polegadas Oled Full HD
  • Câmeras: 40 megapixels, 16 megapixels (grande angular) e 8 megapixels (zoom 3x); câmera selfie: 32 megapixels
  • Sensor de digital sob a tela
  • USB-C
  • Bateria: 3.650 mAh

Huawei P30 Pro

Huawei P30 Pro

  • Processador Kirin 980
  • Sistema: Android 9 Pie
  • Memórias: 8 GB de RAM e 128 GB/256 GB e 512 GB de armazenamento
  • Tela: 6,47 polegadas OLED Full HD
  • Câmeras: 40 megapixels, 16 megapixels (grande angular), 8 megapixels (zoom 5x) e TOF (time-of-flight camera) ; câmera selfie: 32 megapixels
  • Sensor de digital sob a tela
  • USB-C
  • Bateria: 4.200 mAh

Preço e disponibilidade

Na Europa, o Huawei P30 com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento custará 799 euros. O P30 Pro tem 8GB de RAM e três opções de armazenamento: 128GB por 999 euros, 256GB por 1099 euros, e 512GB por 1249 euros. Todos os smartphones estarão disponíveis no mercado europeu a partir de hoje.

De acordo com o Estadão, o P30 Pro deve chegar ao Brasil em maio, confirmando o que a empresa havia anunciado no início deste mês. Junto com ele, virá um P30 Lite, que, ao que tudo indica, é uma versão customizada do P30. Os preços ainda não estão definidos.

Colaborou Guilherme Tagiaroli