Uma coluna de sujeira/terra cai contra um degrau. Um pedaço de tecido desliza por uma esfera. Água batendo em uma parede. No mundo real, são observações fascinantes das leis da física. Nos videogames em geral: meh. Quando reproduzidos na engine Lagoa Multiphysics: incrível!

A versão 1.0 da engine foi recentemente concluída pelo Thiago Costa (o histórico do cara no LinkedIn dá a entender que ele talvez seja um brasileiro atualmente trabalhando no Canadá, na Ubisoft) e permite controle de "materiais granulares de alta fricção, fluidos incomprimíveis, estruturas elásticas, deformações plásticas & mais…".

Eu não vou pagar de entendido sobre qualquer tipo de particularidades relacionadas a uma engine de física, mas o que eu sei é que CARAMBA, QUE TERRA REALISTA! [Red Motion via CrunchGear]