O Instagram está finalmente possibilitando que os usuários baixem seus dados. Após sinalizar que lançaria uma ferramenta há algumas semanas, a rede social comandada pelo Facebook liberou o recurso de exportação de dados nesta terça-feira (24), e a funcionalidade faz mais do que apenas fornecer uma cópia de suas fotos feias com filtros.

Instagram quer que influenciadores sejam mais honestos sobre posts pagos
Mulher é presa por contrabando de cocaína após ostentar férias no Instagram

Todos os usuários vão poder acessar a ferramenta para exportar dados na web, no iOS e no Android, segundo noticia o TechCrunch. No caso das plataformas móveis, deve levar ainda um tempo para o recurso ser disponibilizado.

Durante o processo de exportação, o Instagram diz ao usuário exatamente o que eles está baixando, embora a descrição seja um pouco vaga:

Nós vamos enviar em seu e-mail um link com um arquivo com suas fotos, comentários, informações de perfis e mais. Nós só podemos trabalhar com uma requisição por conta por vez, e esse processo pode levar até 48 horas para que coletemos os dados e enviemos para você.

 

Embora o Instagram ressalte que pode levar dois dias para receber o link, é possível que você receba antes. Em nossa experiência, o arquivo incluiu posts recentes, feed de stories e arquivos .Json com dados de likes, seguidores e mensagens diretas. O Instagram diz que você pode solicitar um link para seus dados a cada quatro dias.

Você pode colocar suas fotos exportadas em vários serviços — existe uma série de opções além das redes sociais. Independentemente disso, se você já usa plataformas como o Google Fotos para seus registros, você pode querer colocar todas lá. Ou mesmo serviços como o Dropbox ou o OneDrive.

Abaixo o passo a passo para exportar os dados via web:

Faça login em instagram.com, acesse seu perfil e escolha a opção Privacidade e Segurança

Escolha a opção “Request Download” abaixo da seção Data Download

Digite seu e-mail e senha do Instagram

[TechCrunch]

Imagem do topo por AP