O Instagram pediu desculpas a uma fotógrafa britânica após remover a foto de um casal gay se beijando, dizendo que o post foi excluído por causa de um erro. Stella Asia Consonni publicou a foto do casal como parte de uma série artística de relacionamentos modernos, publicada na revista i-D. Após postar a imagem, o Instagram a removeu, o que causou certa comoção pública.

Você finalmente poderá silenciar seus amigos chatos no Instagram
Instagram quer usar vídeos verticais para atacar hegemonia do YouTube

“O post foi removido por causa de um erro, e pedimos desculpas pelo ocorrido. A imagem já foi reestabelecida”, disse um porta-voz do Instagram à BBC.

Quando Stella protestou contra a remoção da imagem, celebridades britânicas começaram a criticar a medida da rede social.

Pertencente ao Facebook, ambas as plataformas, com alguma frequência, são alvo de polêmicas por remoção de conteúdo controverso. Ativistas já criticaram o sistema de detecção de mamilos que usa inteligência artificial — a ferramenta só sinalizava mamilos femininos. No passado, o Instagram já removeu fotos de mulheres relacionadas a amamentação e menstruação, frustrando grupos ligados a direitos das mulheres.

A empresa proprietária do Instagram já foi alvo de críticas por esconder notícias conservadoras, causando acusações contínuas de censura política, que a plataforma nega.

Em defesa do app, é possível afirmar que o Instagram conta com mecanismos para evitar esse tipo de conteúdo. Graças ao recurso silenciar, é possível parar de ver publicações de certo usuário em sua timeline, ainda que seja possível acessar o perfil. É possível ainda deixar de seguir ou mesmo bloquear alguém na rede.

“Tenho recebido muitas mensagens de ódio, dizendo que o conteúdo é nojento e que eu deveria me matar por ter postado isso”, afirmou Stella para a BBC.

Embora a publicação tenha causado a ira de muitos usuários, a posição do Instagram de remover a foto foi um erro, e não um ato de intolerância. Stella disse ainda à BBC que planeja exibir a foto junto com outros retratos de casais em uma exposição de arte a ser realizada ainda neste ano.

[BBC]