Pesquisadores desenvolveram um novo método para reduzir o desperdício de água do banheiro e impedir o acúmulo de cocô – um revestimento especial que supostamente faz as fezes deslizarem pelo vaso sanitário como uma criança em um escorregador de sabão.

Em um artigo publicado na Nature Sustainability na segunda-feira (18), os pesquisadores da Penn State University explicaram como eles desenvolveram um revestimento pulverizável que pode reduzir o consumo de água em 90%, além de diminuir odores e impedir a propagação de germes.

O pesquisador principal Tak-Sing Wong disse ao Guardian que começou sua busca para desenvolver um lubrificante especial para banheiros há quatro anos quando pesquisadores da Cranfield University – que estavam desenvolvendo um banheiro para áreas em desenvolvimento – pediram sua ajuda porque sua equipe era conhecida por criar revestimentos super escorregadios. Desde então, ele e seu grupo vêm trabalhando no que chamam de “superfície lisa entrincheirada com líquido” ou “Less”, abreviação em inglês.

O revestimento Less começa com uma camada de base preenchida com nano-cabelos, que é coberta com um tipo de óleo de silicone que adere aos nano-cabelos. O processo de aplicação leva alguns minutos.

Os pesquisadores primeiro testaram o revestimento com lotes de cocô sintético – com consistências variadas. Eles jogaram as fezes falsas de uma altura de cerca de 40 cm em um prato mantido em um ângulo de 45 graus. Em seguida, usando corante colorido, eles determinaram quanta água era usada para limpar o prato. Quando o revestimento Less foi colocado no prato, o cocô falso foi removido com 90% menos água do que quando não havia revestimento.

Captura de tela: Nature Sustainability

Para um teste diferente, a equipe obteve cocô real e o colocou em painéis horizontais – alguns dos quais foram tratados com menos revestimento. Então o prato foi inclinado para baixo e os pesquisadores observavam a facilidade com que o cocô escorregava.

“Fiquei muito feliz em ver a facilidade com que a matéria fecal deslizou de nossa superfície revestida”, disse Wong ao Guardian.

Os testes sugerem que o revestimento Less poderia suportar até 500 descargas, mas precisaria ser substituído após 50 micções.

O principal objetivo do revestimento Less é combater a escassez de água, mas também pode facilitar sua vida e evitar o uso de produtos. Segundo o Guardian, Wong criou uma empresa que venderá o revestimento.