O iPhone 5S possui um novo chip 64-bit, memória RAM mais rápida, e um leitor de impressões digitais. Ainda assim, o custo de fabricá-lo é menor que do seu antecessor.

Segundo o AllThingsD, a IHS (ex-iSuppli) estima que o modelo de 16 GB custe US$ 199 para ser produzido. Ano passado, o iPhone 5 custava cerca de US$ 205 à Apple.

O iPhone 5c, com seu corpo de plástico, é ainda mais barato: apenas US$ 173. Como sempre, vale notar que a estimativa não considera itens como marketing, P&D (pesquisa e desenvolvimento), software e royalties – trata-se apenas do custo de fabricação.

O componente mais caro do iPhone, como sempre, é a tela. Segundo a IHS, ela vem de diversos fornecedores, como Sharp, Japan Display e LG. Os processadores A6 e A7, por sua vez, são fabricados pela Samsung.

Quanto à memória, o iPhone 5S conta com LPDDR3 mais rápida, enquanto o modelo colorido mantém a LPDDR2; ambas são fabricadas por Samsung, Elpida e Hynix – que sofreu um incêndio em sua fábrica na China e fez os preços de memória RAM subirem.

A IHS nota que o iPhone 5S e 5c possuem muitas semelhanças: mesma tela, mesma memória flash, mesmo chip de radiofrequência, entre outros. Usar os mesmos componentes ajuda na produção em massa – e a manter baixo o custo de produção. Para dar um pouco de perspectiva: montar o Galaxy S4 4G de 32 GB custa cerca de US$ 237 à Samsung. [AllThingsD]