O Brasil está planejando padronizar a interface de carregamento de celulares para carregadores com conexão USB-C. Além disso, a ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) lançou a consulta pública 45/2022 sobre o tema, que ficará disponível até 26  de agosto.

carregador usb-c
Imagem: Carregador USB-C/Unsplash

No início deste mês, a União Europeia aprovou uma Lei que determina que todos os carregadores de vários dispositivos, incluindo celulares, sejam no padrão USB-C a partir de  2024. Nos Estados Unidos há uma pressão semelhante por parte de políticos do partido democrata, que também desejam padronizar os carregadores.

“A proposta se baseia em recente projeto do parlamento europeu para inclusão de requisitos para harmonização de interface de carregamento por cabo de diferentes equipamentos, inclusive telefones celulares, que deverão integrar uma interface de carregamento harmonizada, baseada no padrão USB tipo C, escolhido por já ser amplamente utilizado pela maioria dos fabricantes globais e possuir normatização internacionalmente reconhecida”

Os principais impactados pela padronização dos carregadores são os iPhones, da Apple, já que os dispositivos Android já estão com este padrão há algum tempo. Antes da aprovação da legislação europeia, começaram a surgir os primeiros rumores de que os iPhones deixariam a conexão Lightning para se adequar a norma da UE. Agora, parece que este será o padrão para carregadores no mundo inteiro.

Um dos pontos positivos apontados pela ANATEL para a adoção do padrão é a diminuição do lixo eletrônico e “restaurar a certeza do processo de compra de novos eletrônicos”. No entanto, a agência alerta para os altos custos de produção e possível desincentivo da indústria em desenvolver padrões de carregamento mais eficientes.

Veja mais notícias no Gizmodo Brasil:

Lançamento do iOS 16 beta revela plano de “tela sempre ativa” para o iPhone 14

iOS 16 vai te livrar das CAPTCHAs automaticamente; veja como

Novo iOS 16 é compatível com controles Joy-Con, da Nintendo

Assine a newsletter do Gizmodo