A prateleira Cover Flow na vida real da designer Li Jianye é igualzinha ao Cover Flow de verdade, exceto pelo fato dela não poder se mover, comportar apenas cinco álbuns e não tocar música nenhuma.

Em outras palavras, é melhor visualizar o iShelf como uma declaração artística sobre música digital ou usabilidade de interface, ou algo do gênero, porque é basicamente isso que é mesmo. Ainda está no limbo do conceito no momento, mas mesmo que ela nunca venha a ser produzida, o conceito ainda é bom – não seria difícil fazer a sua própria iShelf com espaço para sete, nove, ou – SIM! – onze (ONZE!!) álbuns. Ou então você pode simplesmente não ligar pra isso. [Yanko via Crave]