Segundo a Reuters, o governo do Japão declarou estado de emergência – por enquanto como medida de prevenção – depois que o sistema de resfriamento da usina nuclear Fukushima Daiichi, da empresa Tokyo Electric Power, parou de funcionar. Isto acontece depois que um terremoto de magnitude 8,9 atingiu hoje o Japão.

De acordo com um administrador da usina nuclear, a situação “não está indo como planejado”, mas não há nenhum vazamento radioativo nem dano até o momento. [Reuters e MSNBC]

Crédito da imagem: Panoramio