Esta linda foto de um lobo pulando uma cerca recebeu os tradicionais gritos de "FAKE!" assim que surgiu na internet, vencedora de um prestigiado concurso de fotografia da vida selvagem. O fotógrafo nega qualquer tipo de falsidade na imagem, mas ele mesmo assim perdeu o prêmio.

Por incrível que pareça, ninguém duvida da veracidade do lobo (ninguém suspeita que seja uma fotomontagem). A parte controversa é que o lobo da foto pode ser de fato um lobo domado, de uma raça chamada Ossian. Provas: trata-se de uma espécie extremamente rara, dificilmente vista à solta; um lobo selvagem, sem treinamento, teria muito mais probabilidade de se enfiar pelos vão da cerca do que pular sobre ela; e, bem… dizem que parece muito um Ossian (interessante como há pessoas que conseguem olhar para um lobo e identificar a raça, enquanto eu mal consigo diferenciá-lo do cachorro do vizinho).

Os juízes do Museu de História Natural que sedia concurso decidiram, depois de premiar a foto, que o lobo mostrado nela é de fato uma espécie domada, o que viola as regras do concurso.

Jim Branderburg, juiz e fotógrafo de vida selvagem com 45 anos de experiência em tirar fotos de lobos, maravilhou-se com a imagem do animal, capturada tão claramente e aparentemente caçando o gado de algum fazendeiro. Ele a declarou "um momento de perfeita execução", mas depois de estudar fotos de Ossian e a imagem de Rodriguez, ele agora tem "99,9%" de certeza de que é um lobo domado.

Então, reclamões da internet, meus parabéns. Vocês venceram de novo. A parte boa é que, se a foto for realmente verdadeira e o cara tiver a consciência limpa, ele vai poder afirmar para sempre que tirou uma foto "boa demais" para o concurso. [The Guardian]