Nesta terça-feira (12) a FIFA anunciou o lançamento do seu serviço de streaming, o FIFA+, que promete transmitir mais de 40 mil partidas ao vivo em 2022 — sendo 29 mil masculinas e 11 mil femininas.

A plataforma será gratuita e terá jogos de diversas ligas do mundo, além de notícias sobre campeonatos e conteúdos em vídeo a respeito de grandes atletas do futebol masculino e feminino.

As partidas vão “desde as melhores ligas da Europa a competições que antes não tinham transmissão”, diz a FIFA. Nos primeiros meses, a estimativa é de 1.400 jogos transmitidos por mês, com expectativa de que esse número suba ao longo do tempo.

“O FIFA+ representa o próximo passo da nossa visão de fazer com que o futebol seja verdadeiramente global e inclusivo, e isso apoia a principal missão da FIFA, de expandir e desenvolver o futebol no mundo todo”, afirmou Gianni Infantino, presidente da entidade.

Também serão disponibilizadas mais de 2 mil horas de imagens das Copas do Mundo masculina e feminina. Nesse material, estarão jogos completos, melhores momentos, gols e lances inesquecíveis da competição. Ao todo, serão mais de 2.500 conteúdos que datam desde a década de 1950.

Entre eles, a final do Mundial de 1970, no México, entre Brasil e Itália, que traz os gols e melhores momentos dessa partida.

O Fifa+ já está disponível em todos os dispositivos móveis e com acesso à internet. Os conteúdos estarão disponíveis inicialmente em cinco idiomas: inglês, francês, alemão, português e espanhol. Mas a empresa já avisou que até junho, outros seis idiomas serão disponibilizados.