Nos próximos meses a Lenovo lançará uma atualização para o BIOS de seus laptops Montevina que possibilitará a ativação do shutdown remoto e a subseqüente criptografia dos dados via mensagem de texto. A tecnologia funciona pela conexão WWAN do laptop e é ativada por meio de uma string customizada, definida pelo usuário e enviada de um único e determinado telefone. Em outras palavras, você pode escolher o que quiser como sinal de desligamento, de “kill” e “autodestruição” a uma longa mensagem sobre essa juventude desonesta de hoje.

A Constant Secure Remote Disable, como é chamada, não é considerada a primeira linha de defesa. Na verdade, é bem o contrário: “É como uma pílula do dia seguinte, acho”, disse Stacy Cannady, gerente de produtos para segurança da Lenovo e aparentemente a única pessoa da empresa a não seguir o memorando sobre o não-uso de inadequadas metáforas reprodutivas em relações públicas. A atualização será disponibilizada gratuitamente para os laptops compatíveis. [Crave]