Sabemos que o laser corta coisas, mas agora ele está sendo usado também para costurá-las? Cientistas da Universidade de Tel Aviv descobriram uma maneira de juntar pele por um controle meticuloso do calor do laser.

Esse método de reparo deixa a pele menos apta a rasgar e é muito mais confiável do que os tradicionais pontos com fio e agulha. Até o momento, experimentos com pacientes reais resultaram em curas mais rápidas e com menos cicatriz.



Eles esperam que sua invenção chegue a salas de operação ao redor do mundo em alguns anos. [Reuters]