Você acha que está mal porque passou o final de semana comendo melancia cheia de tequila? Isso é só um suquinho perto do que a lua Encélado, de Saturno, tem feito. Astrônomos observaram a molécula orgânica metanol cercando a lua gelada. O metanol, caso você tenha esquecido, é uma forma altamente tóxica de álcool que literalmente pode te deixar cego — mas, depois de milhões de anos, apostaríamos que a tolerância da Encélado é bem alta.

• Sonda Cassini: A tempestade hexagonal de Saturno é pura beleza caótica
• A maluca história da possível origem da lua mais misteriosa de Saturno

Recentemente, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Cardiff usou telescópios posicionados no solo para detectar uma assinatura de metanol “inesperadamente grande” no segundo anel mais exterior de Saturno, chamado de anel E. A equipe conseguiu rastrear a molécula até Encélado, que calha de ficar diretamente dentro do anel E e alimenta o material do anel por meio de suas plumas geladas. A detecção sugere que o material das plumas da Encélado — que soltam água do mar, hidrogênio e moléculas orgânicas simples de um oceano subterrâneo — passa por todo tipo de reações químicas uma vez que é solto no espaço.

“Descobertas recentes de que luas geladas em nosso Sistema Solar mais exterior podiam abrigar oceanos de água líquida e ingredientes básicos para a vida provocaram possibilidades animadoras por sua habitabilidade”, disse em comunicado Emily Drabek-Maunder, da Universidade de Cardiff, que apresentou suas descobertas na National Astronomy Meeting, nesta terça-feira (4). “Mas, nesse caso, nossas descobertas sugerem que aquele metanol está sendo criado por ainda mais reações químicas uma vez que a pluma é ejetada para o espaço, tornando improvável que seja um indício de vida na Encélado.” A sonda Cassini, da NASA, anteriormente detectou moléculas como o metanol nas plumas geladas da Encélado, mas essas descobertas marcam a primeira vez que um telescópio posicionado na Terra observou isso.

Os pesquisadores não estão completamente certos de por que a Encélado está envolta por uma névoa alcoólica tóxica. Eles sugerem que o gás da Encélado foi capturado pelo campo magnético de Saturno ou dissipou das plumas para regiões muito além no anel E.

jlnfow91z0zu3vlfbh8o

A Encélado é sempre a última a deixar a festa (Imagem: NASA)

“Observações nem sempre são diretas”, disse Drabek-Maunder. “Para interpretar nossos resultados, precisávamos da riqueza de informações que a Cassini nos deu sobre o ambiente da Encélado. Esse estudo sugere que um grau de cuidado é necessário quando se relata a presença de moléculas que podem ser interpretadas como evidência para a vida.” E isso inclui basicamente quaisquer moléculas orgânicas simples, como o metanol.

Astrobiólogos continuarão a buscar indícios em torno da possibilidade da lua saturniana abrigar vida. Enquanto isso, alguém por favor chama um Uber para a Encélado? Isso já está ficando constrangedor.

Imagem do topo: NASA