Tirei a foto aqui perto de casa, numa dessas mini-Sta. Ifigênia na Avenida Paulista. Coloquei o meu telefone junto e o cara da banca comentou: "É igual, né? Nem dá pra perceber a diferença". 

Na prática, omeu telefone, o original, tem vários desvantagens. Pra começar, é R$ 1.000 mais caro. Só tem espaço pra um chip e não sintoniza TV. Na câmera do meu está escrito 3.2 MP, em vez de 8.0, como está escrito na dos falsificados.

E as "vantagens" dos piratas acabaram por aqui. Aspas bem grandes em vantagens. Porque a interface copiada é um lixo, a bateria deles normalmente dura pouco, o idioma só pode ser considerado português com muita boa vontade, a câmera é uma VGA vagabunda e o acabamento no geral é tosco. Mas eles fazem um sucesso absurdo porque têm o que mais importa aos brasileiro: preço. Ter dois chips é bom pro bolso também. dá pra colocar um Oi pré-pago com promoção de "ligador" e outro com descontos para celular da mesma operadora.  

Ah, sim, o original é o mais à esquerda. O do meio custa R$ 230 e o branco, da direita, R$ 320. A diferença entre os dois é que o branquinho tem wi-fi. No post sobre o Motocubo, o povo reclamou: "custava ter Wi-Fi"? Aparentemente custa uns R$ 90 reais nas versões xing-ling. Vale?