Caso você estivesse achando que lhe faltavam opções de aplicativos para publicar conteúdos que somem em 24 horas, o Facebook resolveu lançar mundialmente, nesta quinta-feira (9), o Messenger Day, que faz basicamente o que Snapchat, Instagram e, mais recentemente, WhatsApp já fazem.

• WhatsApp lança Status, a mais nova cópia do Snapchat
• Snapchat entrará na bolsa de valores mesmo com prejuízos absurdos

Ao abrir o aplicativo de mensagens do Facebook em seu celular, as histórias publicadas por seus amigos estarão disponíveis no topo, acima das conversas. Para publicar a sua, basta pressionar o círculo na parte inferior da tela. Como todos os aplicativos citados acima, o Messenger Day lhe permite compartilhar fotos e vídeos, adicionando filtros, máscaras e texto ao conteúdo, que pode ser compartilhado em sua história, para que todos seus contatos que utilizam o aplicativo verem, ou individualmente com um de seus amigos.

Testado desde setembro do ano passado em alguns países, como Polônia e Austrália (alguns usuários brasileiros também relataram ver a opção disponível em seus smartphones), o Messenger Day ficou disponível mundialmente nesta quinta, nas novas atualizações do Messenger para Android e iOS.

O Facebook conta com o fator conveniência para que o Messenger Day decole, já que um bilhão de pessoas já utilizam o aplicativo de mensagens. Além disso, a inserção da nova função pode representar uma das primeiras fontes de arrecadação do Messenger, com o vice-presidente do Facebook, David Marcus, contando ao TechCrunch que “possivelmente” haverá propagandas entre as histórias.

Interprete como quiser, mas a novidade parece apenas mais um dos passos na tentativa de saturação do formato do Snapchat após a empresa ter recusado a oferta de compra feita por Mark Zuckerberg no final de 2012. E, apesar de as pessoas já estarem cansadas de ver dia sim, dia não um aplicativo imitar a função, os 150 milhões de usuários diários que o Instagram Stories conquistou em cinco meses mostram que, de fato, a conveniência pode ter um peso importante na hora de as pessoas decidirem se partem para mais uma nova opção de stories.

[TechCrunch]

Imagem do topo: Divulgação/Facebook