Na semana passada nós contamos uma história perturbadora sobre sobriedade e perda de rendimento no trabalho de Redmond, mas após inúmeras reclamações em conjunto feitas pela Internet, a Microsoft voltou atrás na decisão de acabar com o pub corporativo no campus. Em boa parte, pelo menos.

O porta-voz da Microsoft, Lou Gellos, cujas declarações sobre o espaço de trabalho quando do cancelamento original foram provavelmente o único motivo a história – que eu gostaria de lembrar vocês do contra a respeito de uma empresa grande construindo um bar no meio do trabalho para seus funcionários – conseguiu alguma notoriedade, confirmou a mudança de ideia ao Techflash, dizendo que o Spitfire (a cadeia de pubs) e a Microsoft haviam descoberto "uma maneira criativa de encontrar um meio termo feliz". Este meio termo provavelmente envolve beber somente após as 15 horas, exclusivamente durante reuniões programadas e eventos especiais. Alguém aí topa uma quarta-feira Windows Mobile? [TechFlash via CNET]