Depois de mais de um ano de rumores, pequenas revelações e codinomes estranhos, o mais novo console da Microsoft, o Xbox One X, finalmente está entre nós. Ele não está realmente entre nós, já que começará a ser vendido apenas no dia 7 de novembro. Mas agora nós temos todos os detalhes da novidade, que é oficialmente o console mais rápido feito até agora.

• O Xbox Game Pass é uma ideia incrível, mas que fracassa (por enquanto)
• As especificações monstruosas do próximo console da Microsoft não significam muita coisa

O que é?

O mais novo console da linha do Xbox One da Microsoft. Não é uma nova geração de console, mas uma versão aprimorada da atual 8ª geração, o Xbox One. Assim como o Xbox One S lançado no ano passado, ele consegue reproduzir conteúdos 4K UHD, incluindo Blu-Rays UHD. Ele também suporte HDR, para exibir mais detalhes em áreas com alta taxa de brilho e nas regiões escuras, e uma maior gama de cores, para reproduzi-las de forma mais aproximada com a que enxergamos no mundo real.

Diferente do Xbox One S, o Xbox One X fará o upscale (técnica de otimização de imagem) de jogos mais velhos para o 4K UHD, e irá produzir imagens de alta qualidade mesmo no 1080p e até mesmo em telas com resoluções menores. Da mesma maneira que o PS4 Pro melhora a qualidade visual do espectro de reprodução em relação ao PS4 original.

O quão rápido ele é?

É um console extremamente rápido. De acordo com a Microsoft, seu processador Scorpio é o processador mais rápido já colocado em um console, o que é algo que sabemos desde que a companhia anunciou as especificações em março. O que não sabíamos é que o processador fica tão quente que precisa de resfriamento líquido, algo inédito para um videogame.

Fora o processador com mais de sete bilhões de transistors, ele tem 12GB de RAM DDR5, uma GPU com clock de 1,172 GHz e capaz de chegar a seis teraflops de performance. Para efeito de comparação, a última placa de vídeo top de linha da Nvidia, a 1080Ti, chega em 11,3 teraflops, enquanto o principal concorrente do Xbox One X, o PS4 Pro, chega a 4,12.

O sistema de gerenciamento de energia também é tão excelente, segundo a Microsoft, que a empresa escolheu batizá-lo com o nome de seu principal engenheiro, Bill Hovis.

Que tipos de jogos ele irá rodar?

Qualquer coisa que atualmente esteja disponível para o Xbox One e Xbox One S, mais os 42 jogos que foram anunciados no evento da Microsoft, dos quais 22 são exclusivos para a linha do Xbox One, incluindo: State of Decay 2, novo jogo de tiro com foco em e-sports, Darwin Project, e o belíssimo The Last Night.

Os títulos exclusivos anunciados até agora ou são “exclusivos de lançamento”, o que significa que eles também chegarão ao PS4 e Windows mais tarde, ou são “exclusivos da Microsoft”, sendo lançados apenas no Xbox One e Windows 10.

Essas são duas versões mais suaves de exclusividade, mas elas ainda podem ser muito úteis para alavancar o sucesso de um console, já que as pessoas compram um videogame por um jogo específico (é só lembrar do último Zelda e do Nintendo Switch). Mas nem sempre é o caso. Rise of the Tomb Raider era um título exclusivo de lançamento do Xbox One há dois aos, e ainda assim, de acordo com o pessoal da VG 24/7, sua versão para PC vendeu três vezes mais que a versão para Xbox quando foi lançado no começo de 2016.

Lembre-se também que tudo pode acontecer entre o anúncio de um jogo e seu lançamento, então tome cuidado com os ânimos ao ver as demonstrações no palco. Ele pode atrasar anos.

Ele virá com realidade virtual?

Apesar das minhas grandes esperanças, não foi dita nenhuma palavra sobre a realidade virtual.

O que mais ele pode fazer?

Ele tem retrocompatibilidade! Ou mais ou menos: os seus discos de Xbox e Xbox 360 não funcionarão no Xbox One X, mas alguns jogos digitais do Xbox 360 comprados na lojinha da Microsoft irão. A companhia também anunciou um plano para trazer alguns jogos originais do Xbox para a plataforma do Xbox One, incluindo o famoso jogo de aviões, Crimson Skies.

Onde eu posso comprar um desses e quanto ele irá me custar?

O Xbox One X estará disponível no mundo todo a partir do dia 7 de novembro. Ele custará US$ 500, enquanto o Xbox One S continuará a ser vendido por US$ 250. Os preços para o Brasil ainda não foram revelados.

Todas as imagens: Alex Cranz/Gizmodo