O ator e comediante Pete Davidson, atual namorado de Kim Kardashian, estava escalado para uma viagem ao espaço no próximo dia 23 de março. Agora, os planos mudaram: a Blue Origin, empresa de Jeff Bezos, fundador da Amazon, anunciou que o artista não fará parte da tripulação.  

A empresa havia anunciado no início desta semana que Davidson seria um dos seis passageiros no próximo voo da Blue Origin, que estava programado para a próxima quarta-feira (23), mas foi transferido para 29 de março.

“O 20º voo da Blue Origin de New Shepard mudou para terça-feira, 29 de março. Pete Davidson não pode mais se juntar à tripulação do NS-20 nesta missão. Anunciaremos o sexto membro da tripulação nos próximos dias”, anunciou o perfil oficial da Blue Origin na noite da última quinta-feira (17), via Twitter

Não foram revelados os motivos pelos quais Davidson não vai mais estar a bordo do 20º voo da empresa de Jeff Bezos, mas, é provável que tenha relação com a mudança de data. Confira o anúncio: 

Davidson seria a terceira celebridade a subir a bordo de uma cápsula automatizada da Blue Origin para o voo de 10 minutos. Antes dele, o ator William Shatner e o ex-jogador da NFL e co-apresentador do “Good Morning America”, Michael Strahan, estiveram em voo, no ano passado. A ideia da Blue Origin é promover voos tripulados para turismo.

As cinco pessoas confirmadas para a viagem espacial foram: o CEO da Party America, Marty Allen; o filantropo e magnata Marc Hagle e sua mulher, Sharon Hagle, fundadora da organização sem fins lucrativos SpaceKids Global; o explorador e professor da Universidade da Carolina do Norte Jim Kitchen; e George Nield, presidente da Commercial Space Technologies e ex-gerente do Flight Integration Office do programa de ônibus espaciais da NASA.