Quem não deve estar achando a ironia nada engraçada é o cientista Gary Kirkpatrick, do Mote:

O Wally estava mandando relatórios a cada duas horas, quando simplesmente parou de enviar o sinal. Há poucas possibilidades que consideramos prováveis. Ele pode ter sofrido um grande vazamento ou defeito e estar afundado, ou então pode ter sofrido um defeito no computador ou sistema de comunicações e ainda estar flutuando, apenas impossibilitado de se comunicar.

É chato para o Gary, mas eu estou feliz de finalmente saber que não sou só eu que não consigo achar o maldito Wally de jeito nenhum. [Mote via AP]

* Na verdade o nome do robô é Waldo — que também é o nome do Wally lá na gringolândia.