Sua cueca do Super-Homem vai cair agora, com o nerdgasmo do tamanho de um planeta que você vai ter agora. A nave Cassini, da NASA, fez a descoberta mais fantástica da história da ciência: o Pac-Man mora na Estrela da Morte. Pronto. Viu só, Grande Colisor de Hádrons?

Este é o mapa de temperatura da gélida Mimas, uma das luas de Saturno. Como você pode ver, ela é basicamente um Pac-Man gigante, prestes a comer uma das bolinhas. De acordo com Linda Spilker, cientista do projeto Cassini no Jet Propulsion Laboratory da NASA, isto é muito estranho:

Outras luas geralmente são o centro das atenções, mas parece que a Mimas é mais bizarra do que pensávamos que fosse. Ela com certeza nos deu alguns enigmas novos.

Cientistas da NASA do Goddard Space Flight Center têm algumas ideias. De acordo com o Dr. Mike Flasar, investigador principal de espectômetros infravermelho compostos no Goddard, o culpado pode ser a Herschel, uma cratera gigante:

Apesar de não podermos explicar o padrão observado da temperatura na superfície de Mimas, a gigante cratera Herschel é o principal suspeito. A energia do impacto que a criou, vários bilhões de anos atrás, foi estimado em um sétimo da energia gravitacional da Mimas. Se fosse algo bem maior, teria provavelmente destruído a lua. Nós gostaríamos muito de ver se há um padrão de temperatura anômalo no outro lado da cratera Herschel, que não foi observado tão de perto.

Paul Helfenstein, sócio da equipe da nave Cassini, especula que o padrão pode estar relacionado a "minerais de silicato ou partículas ricas em carbono, possivelmente devido à poeira do meteoro caindo na lua ou impurezas já presentes na superfície do gelo. À medida que os raios quentes do Sol e o vácuo do espaço evaporam o gelo mais brilhante, o material mais escuro se concentra e fica para trás. A gravidade puxa o material escuro para dentro das paredes da cratera, expondo o gelo abaixo dele."

Waka waka waka waka… é, não entendi o que ele disse. [NASA]