Ciência

NASA está em busca de nave para derrubar a ISS

Até 2030 a estação será derrubada de órbita de forma controlada, evitando que ela caia em áreas povoadas. Só falta quem tope assumir a tarefa
Imagem: NASA/Divulgação

A NASA anunciou nesta semana que  quer “desorbitar” a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). Mais precisamente, a agência especial espera encontrar uma empresa capaz de fazer isso. E o tempo é curto: a ISS está prevista para deixar de funcionar em 2030.

Assim, ao final do programa da ISS, a estação será derrubada de órbita de forma controlada para evitar cair em áreas povoadas. Segundo a NASA, as propostas das empresas poderão ser enviadas até o dia 17 de novembro.

Além disso, mais detalhes sobre os requisitos estão disponíveis no site do governo dos EUA. Desde 1998, cinco agências espaciais operaram a ISS, mas a estação está com os dias contados.

foto iss iluminada

Rara foto mostra a Estação Espacial Internacional iluminada. Imagem: Reprodução/Andrew McCarthy

O presidente americano Joe Biden formalizou o interesse dos Estados Unidos em participar do programa da ISS até setembro de 2030. Com isso, o contrato de uso do laboratório orbital será estendido por apenas mais seis anos.

Novo cenário espacial

Com o desgaste na Guerra da Ucrânia e o fim de uma série de projetos de colaboração internacional, parceria entre EUA e Rússia na ISS está garantida apenas até 2028.

O fim da parceria dos russos na ISS é um acontecimento importante na história da política espacial. Desde 1975, quando a nave americana Apollo 18 e a soviética Soyuz 19 se encontraram no espaço, o momento foi considerado como um grande marco de que a exploração espacial deveria ser um esforço colaborativo entre vários países – algo que culminou na construção da ISS.

Entretanto, a invasão da Ucrânia mudou tudo, com a Rússia caminhando para projetos mais solos no espaço, como a Estação de Serviço Orbital Russa (Ross). A estação russa promete começar a funcionar até ano 2028.

Assine a newsletter do Gizmodo

Gabriel Andrade

Gabriel Andrade

Jornalista que cobre ciência, economia e tudo mais. Já passou por veículos como Poder360, Carta Capital e Yahoo.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas