A Neon agora terá uma modalidade em que os clientes não precisarão pagar tarifas de emissão de boletos e transferências (TEDs). Batizado de Neon+, o benefício será ativado para aqueles que realizarem dez ou mais compras com o cartão do banco – seja com o cartão físico ou virtual.

• Fundo Garantidor inicia hoje pagamento a clientes afetados do Banco Neon
• Banco Neon lança cartão de crédito sem anuidade para concorrer com Nubank

Atualmente, a Neon não cobra anuidades de seus clientes, mas há algumas limitações na conta: apenas o primeiro saque, transferência e depósito são gratuitos. Depois, é cobrado R$ 6,90 para cada saque, R$ 3,50 para demais transferências para outros bancos e R$ 2,90 por boleto.

A novidade poderá ser testada nesse mês de agosto por todos os clientes, basta ativar a opção no aplicativo. Para continuar, basta fazer as dez compras com o cartão.

A Neon possui além da conta digital, opções de investimento em CDB e recarga de celular dentro do aplicativo.

Recentemente, a joint-venture Neon se envolveu com um processo de liquidação extrajudicial, que foi decretada pelo Banco Central. Na ocasião, apenas uma das empresas sócias foi acometida pela decisão. Pouco depois, a Neon Pagamentos S.A. fechou uma parceria com o Banco Votorantim para retomar suas operações.

A Neon já opera normalmente há meses e clientes afetados já receberam seus valores.