O twitter oficial do Netflix promete que, até o final de janeiro, “todo o conteúdo (sem contar a aba Só Para Crianças) estará com áudio original e legendas”. Só espero que eles não estejam se apressando e comprometendo a qualidade: uma leitora do Gizmodo Brasil, que prefere ficar anônima, flagrou vídeo do Netflix usando legenda de internet.

A falha foi descoberta no episódio 20 da 5ª temporada de Law and Order: Criminal Intent. Durante a abertura da série, começam a surgir caracteres estranhos e desconexos, e links para sites e e-mails da Coreia do Sul (?). Segundo a leitora, “o que me deixou com a pulga atrás da orelha foi um “eNcima”, lá pelo meio do episódio, que se repete duas vezes”. Eu verifiquei e para mim também aparece a legenda estranha.

O caso parece ser isolado: em outros episódios da série que eu vi, a legenda parece normal; e eu assino o Netflix desde o lançamento, e nunca vi legendas bizarras assim. Só que isso me deixa um pouco decepcionado: não porque eu pague R$15 por mês e isso me dê direito a excelência no serviço, mas de imaginar que usaram o trabalho gratuito de alguém para ganhar dinheiro sem esforço. Se a legenda da internet estava em inglês e apenas serviu de base para a tradução, é meio triste – sério que vocês não têm o script original? Se ela estava pronta na internet e o Netflix pegou, certamente é mais cômodo, mas é desonesto. Não tem nem um “Obrigado, Psicopatas?

O Netflix nos mandou a resposta:

Sobre sua questão, grande parte das legendas vem direto dos estúdios, mas há uma equipe grande de legendagem que trabalha na Netflix empenhada em garantir a qualidade deste serviço. É possível reportar problemas de sincronia ou legenda pelo próprio site, na aba do filme, ou pelo 0800-086-4043.

[Valeu, C.!]