Lembrando o tênis de corrida original que lançou a Nike ao sucesso, o Free Hyperfeel é o mais novo tênis do tipo, minimalista, inspirado pela verdadeira geometria do corpo. Isso, se você se lembra bem, é algo que a Under Armour corrigiu com seu Speedform.

Na criação do Free Hyperfeel, a Nike diz que seus pesquisadores usaram uma tecnologia de mapeamento de pressão, além de câmeras de alta velocidade, para estudar o pé em movimento e criar um calçado de corrida melhor.

Essa pesquisa levou a um calçado de perfil baixo com amortecimento e tração apenas onde é necessário, o que dá ao corredor mais responsividade e controle. As pastilhas presentes na sola foram “criadas como pistões estrategicamente posicionados, refletindo os principais pontos de pressão.”

Os materiais usados também visam replicar certas partes do pé. Por exemplo, a palmilha articulada Lunarlon foi usada para imitar as partes que amortecem o solado do pé, ao mesmo tempo em que permite mais movimentos. A camada superfina da sola, por outro lado, tem por objetivo replicar a “pele grossa” das solas dos nossos pés. Ela é praticamente inexistente, a ponto de ser possível enrolar o tênis com a palmilha removida. Ela é fina mesmo.

Tudo isso é unido através da tecnologia Fkyknit da Nike para a estrutura superior e o encaixe, o que reduz o número de componentes de 57 para sete. O Free Hyperfeel será lançado no dia 5 de setembro e custará US$ 175, para homens e mulheres. [Nike]

Camadas do Free Hyperfeel.

Camadas do Free Hyperfeel.