Os celulares da Nokia fazem bastante sucesso na Finlândia, terra natal da empresa. Mas o Nokia N9 – primeiro e último celular com MeeGo – fez muito sucesso: em duas das três maiores operadoras no país, o N9 está entre os dez aparelhos mais vendidos. Na operadora Elisa, o N9 foi o smartphone mais vendido para consumidores em outubro, à frente do iPhone 4/4S e Samsung Galaxy S II.

Para clientes empresariais da Elisa, o N9 fica em quarto lugar, atrás do Nokia E7, Nokia C2-01 e iPhone 4 – mas bem à frente do Galaxy S II e iPhone 4S. Na operadora Sonera, o N9 está à frente do Galaxy S II, mas atrás do iPhone 4 e 4S – todos, no entanto, estão na lista dos 10 mais vendidos.

O sucesso do N9 pode ser explicado em parte pelo preço: na Elisa, o N9 (€599) é um pouco mais barato que o iPhone 4S (€619), e vendeu mais; na Sonera, o N9 (€25/mês) é mais caro que o 4S (€17/mês) e vendeu menos. Só que o N9 é mais caro que o Galaxy S II nas duas operadoras (€519 ou €20/mês), e mesmo assim o N9 vendeu mais que ele. E as operadoras têm aparelhos mais baratos, mas que nem constam da lista dos mais vendidos.

O N9 parecia bem-encaminhado na Finlândia desde o começo: na pré-venda, o modelo de 64GB esgotou por lá. Como já dissemos várias vezes, o N9 é lindo – “provavelmente o smartphone mais bonito no qual eu já pus as mãos”, disse o Pedro no hands-on – mas o MeeGo não tem mais apoio de nenhuma empresa. Alguns desenvolvedores estão trabalhando com a plataforma e há quem acredite que sim, ele pode dar certo – mas você arriscaria? Se sim, o Nokia N9 está disponível no Brasil por R$1.699.

Senão, quem sabe vale esperar pelo Windows Phone. As vendas do Lumia parecem estar boas, aliás. [Elisa e Sonera via NeoWin via Rodrigo Ghedin]