A Nokia abriu no final de 2008 sua loja-conceito em São Paulo, na rua Oscar Freire – um dos endereços mais caros do país – mas a fechou no começo deste ano; lojas no exterior também baixaram as portas, como parte de uma reorganização no varejo. Mas agora a Nokia está de volta com força no Brasil: começando no Rio, Recife e São Paulo, a empresa quer chegar aos principais shoppings brasileiros em três anos. Mas para que serve uma loja só da Nokia? ATUALIZADO

Em agosto, a Nokia abriu loja própria no Rio de Janeiro (BarraShopping). Ontem, foi inaugurada a primeira loja franqueada das Américas da finlandesa, no Shopping Recife. E São Paulo volta a ter uma Nokia Store: a loja da Oscar Freire foi fechada porque a Nokia procurava um “local adequado” para a instalação de uma nova loja, e eles acharam – hoje será aberta a Nokia Store no Shopping Eldorado. A Nokia também aposta em quiosques dentro de shoppings, “minilojas abertas e interativas”, em Recife e em São Paulo (Shopping Villa-Lobos, foto abaixo).

Mas por que um consumidor iria visitar uma loja só da Nokia, em vez de ir direto na operadora comprar seu aparelho? O gerente de varejo da Nokia, Fernando Rheingantz, explica: “mais que uma loja de celulares, [a Nokia Store é] uma loja de tecnologia para também educar e ajudar os consumidores a usar os aparelhos e serviços disponíveis na Ovi Loja”. Ou seja, a ideia é criar um espaço para experimentar o que a Nokia oferece, e para aprender a usar seus aparelhos – não só comprá-los.

A ideia até faz sentido se consideramos uma loja-conceito, como era a da Oscar Freire. Mas se a ideia é abrir lojas e mais lojas, vender aparelhos deve se tornar uma preocupação central. E por que comprar celulares na Nokia Store? Quem quiser aparelho desbloqueado pode comprar na operadora – todas elas são obrigadas a vender seus celulares sem bloqueio. Clientes pós-pago vão querer comprar na operadora para ganhar desconto; então a Nokia Store precisará dar bons descontos pra atrair quem compra no pré-pago.

Se as Nokia Stores oferecerem bons preços em relação às operadoras, estão mais do que bem-vindas; senão, é difícil vê-las durando muito tempo por aqui. [Nokia]

ATUALIZAÇÃO: visitei a loja da Nokia no Shopping Eldorado. A loja não é muito grande, mas você pode usar à vontade os aparelhos; há vários N8, N900, C3 e outros pra você experimentar – tem até o N97 Mini folheado a ouro, com a cafeteira!

Aos preços: o C3 custa R$499; o E72 custa R$1.199; e o N8 sai por R$1.499. Do outro lado do corredor, na loja da Vivo, o C3 sai por R$399; o E72, por R$999; e o N8 sai pelos mesmos R$1.499. Ou seja, comprar na operadora é mais barato que na loja da Nokia (ou dá no mesmo). Certos aparelhos, como o N900, não estão disponíveis pelas operadoras, mas custando R$1.399 ele não é exatamente algo imperdível nos dias de hoje. Sim, a loja abriu hoje, então os preços podem melhorar com o tempo, mas isso não começou muito bem.