A empresa aérea de baixo custo Norwegian Air recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil para operar no Brasil. Segundo o Ministério do Turismo, a expectativa é que a companhia tenha rotas ligando São Paulo ou Rio de Janeiro a Londres.

Segundo o Estadão, a Norwegian é a terceira maior viação de baixo custo da Europa, atrás de Ryanair e Easyjet. Ela é a primeira companhia do tipo a operar no Brasil. O jornal também comparou os preços praticados por ela na Argentina, onde já opera. Um voo de Buenos Aires para Londres fica em torno de R$ 3 mil, enquanto outras empresas cobram R$ 5 mil pela mesma passagem.

Um estudo concluiu que o jet lag é pior quando viajamos em direção ao leste

Companhias low cost ainda têm presença tímida na América Latina. Na América do Norte e na Europa, elas conquistaram um bom público com passagens baratas, conseguidas por meio de uma redução nos serviços oferecidos, como refeições e franquia de bagagem, e operando em aeroportos secundários. A base da Norwegian, por exemplo, é em Gatwick, segundo maior aeroporto inglês.

“O Brasil tem grande potencial e acreditamos que novos voos de baixo custo vão permitir que mais pessoas viajem, consequentemente incentivando o turismo e as economias locais”, diz a companhia em comunicado a imprensa. De acordo com o Ministério do Turismo, os próximos passos são “o registro das rotas e a comercialização das passagens”.

[Ministério do Turismo, G1, Estadão]

Imagem: Michał Parzuchowski/Unsplash