A ideia de todo mundo com acesso a uma impressora 3D conseguir teoricamente criar uma pistola com alguns cliques certamente é assustadora, mas até agora, o responsável por atirar está se colocando em tanto risco quanto a pessoa do outro lado. Um novo tipo de munição, no entanto, promete fazer essas pistolas plásticas mais confiáveis – e, consequentemente, muito mais perigosas.

Diferentemente da pistola 3D original da Defense Distributed, as novas balas, que foram projetadas por um mecânico de 25 anos chamado Michael Crumling, tiram o peso da força que vem com um disparo. Assim, em vez do barril de plástico pouco resistente ter que conter a explosão, uma bala de chumbo presa em uma concha de aço muito mais espessa consegue absorver a maior parte da força.

Novo tipo de munição para pistolas feitas em impressora 3D

Como você pode ver na foto abaixo, de Crumling, mesmo após 19 disparos a arma segue sem nenhum dano interno evidente.

Novo tipo de munição para pistolas feitas em impressora 3D

E enquanto armas de metal impressas em 3D mais ameaçadoras exigem habilidade e recursos suficientes para mantê-las fora do alcance de pessoas comuns (ao menos por enquanto), a pistola de Crumling foi criada em uma impressora Printbot de US$ 400. Felizmente, no entanto, essa munição mais eficiente precisa ser criada individualmente e cada bala leva uma hora e meia para ficar pronta, o que significa que a maioria das pessoas não têm as ferramentas necessárias para replicar os designs de Crumling (que ele oferece gratuitamente em seu site).

Novo tipo de munição para pistolas feitas em impressora 3D

Mas não significa que podemos ficar tranquilos em relação a tudo isso. Esse é apenas o primeiro passo. O objetivo de Crumling é criar uma arma semi-automática em impressora 3D. Como ele explicou à Wired:

Esse é o principal motivo para eu ter desenvolvido isso, e esse é o próximo passo. Este é um bloco de construção para o futuro das pistolas feitas em impressora 3D que permitirão que as pessoas desenvolvam semi-automáticas e – se possuírem toda a papelada legal – até mesmo armas automáticas.

Legal. [Mike’s Custom Weaponry via Wired]