Maior parte do mundo poderá ver as depressivas aventuras de um Christopher Robin crescido no filme live-action Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível, que sai neste mês. Mas a China não vai, porque as autoridades cinematográficas do país proibiram o lançamento do filme, com rumores em torno de um antigo meme ser o motivo por trás da decisão.

• Peppa Pig vira símbolo de subversão na China e é banida das redes sociais

Desde os anos 1990, a China tem uma cota para a quantidade de filmes estrangeiros que recebem lançamentos oficiais no país. Embora a quantidade e o escopo de filmes aceitos tenha se ampliado consideravelmente desde os primeiros formatos de cota (apenas dez filmes estrangeiros eram permitidos quando ela foi introduzida pela primeira vez, em 1994), nem todo grande lançamento ocidental chega até o país.

Christopher Robin, cujo enredo se concentra na versão adulta do amigo humano do Ursinho Pooh, é o mais recente filme a ter seu lançamento negado — o segundo da Disney neste ano, depois de Uma Dobra no Tempo —, mas o Hollywood Reporter alega que a decisão de negar ao Ursinho Pooh e seus amigos uma viagem até as lucrativas bilheterias chinesas pode ter mais a ver com a urso em si do que com as restrições comuns da China sobre filmes estrangeiros.

Nos últimos anos, o governo chinês reprimiu o compartilhamento de imagens do Ursinho Pooh em plataformas de redes sociais chinesas — entre outras coisas — depois que o personagem se tornou um meme de comparação com o presidente chinês Xi Jinping. O meme começou a circular em 2013, mas a repressão teria se intensificado no ano passado — alguns meses atrás, autoridades chinesas bloquearam transmissões da HBO no país depois que o programa de TV norte-americano Last Week Tonight incluiu um segmento brincando com as comparações entre Pooh e Xi.

O apresentador John Oliver disse no segmento: “Aparentemente, Xi Jinping é muito sensível sobre sua aparente semelhança com o Ursinho Pooh”.

Considerando que o Ursinho Pooh obviamente interpreta um grande papel no filme, talvez a suposta repressão contra o personagem tenha, sim, desempenhado um papel na censura do filme. Mas não sabemos com certeza — o Hollywood Reporter só teve uma fonte anônima e também aponta que as restrições típicas da China sobre o número de filmes estrangeiros pode muito bem ser a razão, em vez de algum mal-estar com o Ursinho Pooh em relação a Xi Jinping.

Entramos em contato com a Disney sobre a censura do filme e atualizaremos este post se tivermos uma resposta.

Imagem: Disney