A Apple anunciou nesta terça-feira (4) que está atualizando o iMac de 27 polegadas. Além de adicionar um novo processador de 10 núcleos da Intel, o novo desktop Mac também oferece memória aprimorada, tela Retina 5K, placa gráfica de última geração, além de câmera Full HD, alto-falantes e microfones atualizados.

No ano passado, a atualização do iMac da Apple nos deixou um pouco chateados, porque simplesmente colocaram novos chips em um design antigo. Das fotos divulgadas pela Apple, ainda parece que o design não mudou muito. Dito isto, essa parece ser uma grande atualização nos componentes do computador.

O novo iMac de 27 polegadas suporta processadores Intel de até 10 núcleos de 10ª geração, com velocidades Turbo Boost de até 5 GHz (você também pode obter modelos com chips Intel de 6 a 8 núcleos, se isso parecer um exagero).

A Apple disse que isso deve se traduzir em desempenho de CPU 65% mais rápido. A companhia também está dobrando a capacidade de memória para 128 GB. Quanto aos gráficos, o novo iMac vem com uma GPU Radeon Pro 5000, da AMD, e pela primeira vez, a Apple disse que você terá a opção de 16 GB de memória. Tudo isso, segundo a Apple, resultará em desempenho gráfico até 55% mais rápido que a geração anterior, que possuía gráficos Radeon Pro Vega 48.

E porque parece que o tema do novo iMac é “precisar ser mais rápido”, a Apple também disse que os SSDs agora serão padrão em toda a linha. Desta vez, a companhia está oferecendo uma configuração de SSD de 8 TB, que é quatro vezes a capacidade do último iMac.

As atualizações não param por aí. Além dos gráficos mais robustos, a Apple está adicionando uma tela Retina 5K, que apresenta sua tecnologia de cores True Tone. Para a tela, você também terá a opção selecionar “nano-texture glass” (vidro de nanotextura), que é uma tecnologia que reduz a refletividade do display. Ele supostamente oferece melhor visualização em salas iluminadas e reduz o brilho do que a Apple denomina um “acabamento fosco inovador”.

Na parte de segurança, o novo iMac conta com o T2 Security Chip, seu chip personalizado de segunda geração que suporta armazenamento criptografado e recursos de inicialização segura. O novo iMac também terá uma câmera FaceTime HD de 1080p, alto-falantes de alta fidelidade e um conjunto de microfones com “qualidade de estúdio”. O chip T2 se estende à câmera, trazendo o recurso de detecção facial.

FaceTime em um iMac; pela primeira vez, computador vem com câmera Full HD. Crédito: Apple
FaceTime em um iMac; pela primeira vez, computador vem com câmera Full HD. Crédito: Apple

O iMac de 21,5 polegadas e iMac Pro também estão recebendo atualizações. Agora, ambos os desktops vêm com SSDs padrão, e o iMac de 21,5 polegadas também pode ser configurado com uma unidade Fusion. O iMac Pro vem como padrão com um chip Intel Xeon de 10 núcleos.

E o macOS Big Sur? Embora os novos iMacs não sejam pré-carregados com o sistema operacional ainda a ser lançado, a Apple disse que eles poderão ser atualizados ainda neste ano sem nenhum custo.

Mas a atualização para um desses iMacs definitivamente custará. A configuração básica do novo iMac de 27 polegadas começa em US$ 1.800 nos EUA (no Brasil, R$ 22 mil), enquanto o iMac de 21,5 polegadas e o iMac Pro têm preços que começam em US$ 1.100 (no Brasil, R$ 15,7 mil) e US$ 5.000 (no Brasil, R$ 60,5 mil). Todos eles já estão disponíveis para compra online. Boa sorte ao comprador brasileiro.