O cartão de crédito Nubank está com um visual novo, mais limpo. A companhia preparou um evento nesta quinta-feira (27) para apresentar a nova aparência para jornalistas.

A tonalidade do roxo mudou, o posicionamento dos elementos também, mas a novidade mesmo é que ele ganhou a tecnologia contactless – ou seja, você não precisará passá-lo na maquininha; basta encostar e depois inserir a senha. É praticamente a mesma coisa que pagar via celular, com Android Pay, Apple Pay ou Samsung Pay.

• NuConta, do Nubank, adiciona função de cobrança para dividir contas com amigos
• Todos os detalhes do programa de recompensas do Nubank

Nem todas as maquininhas são compatíveis com a tecnologia, mas, segundo a empresa, a maioria delas já oferece suporte ao contactless.

Outro objetivo com o redesenho do cartão foi torná-lo mais “compartilhável”. Muitos usuários do Nubank recebem o cartão e compartilham uma foto nas redes sociais, às vezes não escondendo a informação mais sensível: o número. Isso fazia com que a empresa bloqueasse muitos cartões.

A parte da frente tem apenas o logo do Nubank, o nome do cliente ao lado, a bandeira Mastercard e o chip, com um ícone do contactless.

Na parte de trás, estão o número, a data de emissão, a validade e o código de segurança. Além disso, contatos de suporte da empresa e a indicação se o cartão é “Platinum” ou “Gold”.

A emissão do novo cartão começa na semana que vem, e os usuários o receberão conforme os cartões atuais vencerem.

David Veléz, CEO e fundador do Nubank, falou durante o evento sobre o tamanho da fintech. Segundo ele, o Nubank já é considerado o “maior banco digital do mundo, excluindo os concorrentes asiáticos”. São cinco milhões de clientes de cartão de crédito e 2,5 milhões de usuários da NuConta.

Questionado sobre a possibilidade de o novo cartão oferecer suporte à função de débito e permitir saques via NuConta, o executivo se esquivou: “Essa é uma das coisas que as pessoas mais pedem para nós, e o que eu posso dizer é que ouvimos muito os nossos clientes”.