O Nubank anunciou nesta quinta-feira (15) que clientes da fintech agora poderão pagar boletos de contas e utilidades por meio do cartão de crédito. Até então, só era possível efetuar pagamentos de contas de água, luz, telefone e outras despesas usando a função débito, descontando do valor acumulado do usuário na NuConta.

Os boletos podem ser pagos à vista ou de forma parcelada, a uma taxa de juros mais baixa que a do rotativo, e com a possibilidade de antecipar as parcelas quando quiser, recebendo desconto proporcional aos juros.

Para usar o recurso, o cliente deve acessar o botão “Pagar”, na tela inicial do aplicativo, escanear ou digitar o código de barras, tocar em “Escolher forma de pagamento” e selecionar a opção “Cartão de crédito”. Depois, basta escolher a quantidade de parcelas desejada, revisar as informações do pagamento e inserir a senha de 4 dígitos para confirmar a operação.

“A nova função é mais uma alternativa para que os mais de 28 milhões de clientes do cartão de crédito Nubank simplifiquem a gestão e o controle do dinheiro utilizado para manter suas contas em dia, concentrando seus gastos com compras e pagamentos no mesmo lugar”, afirma a empresa em um comunicado.

A ferramenta começa a ser disponibilizada hoje e será liberada gradativamente para o restante da base de clientes nos próximos meses.

Assine a newsletter do Gizmodo

Nubank lança cartão Ultravioleta

Uma das últimas novidades anunciadas pelo Nubank é o lançamento do cartão de crédito Ultravioleta. Ele tem os mesmos benefícios da categoria Mastercard Black, rendimento de 200% no CDI em investimentos personalizados e cashback de 1% sobre todas as compras, com pontos que nunca expiram e que podem ser usados em compras ou no abatimento de fatura. Além disso, o cartão tem um design diferenciado todo de metal que traz apenas o nome do cliente — número, código de segurança e data de validade só poderão ser acessados pelo app.

Interessados já podem se inscrever na fila para receber o Nubank Ultravioleta. O cartão também será compatível com Apple Pay, assim como os demais clientes da fintech. Porém, ainda não há uma data para a função ser disponibilizada.