Sejamos honestos: três horas para O Hobbit estariam de bom tamanho. Agora, graças a um editor de vídeo bastante dedicado da Filadélfia, o filme pode cumprir seu destino: as partes enroladas da trilogia de Peter Jackson se transformaram em um único filme coeso, que também é mais fiel ao livro.

“Depois de cerca de 312 cortes e edições, novas transições que eu fiz, e reordenamento das cenas, editando com o livro aberto no colo para referência, eu acho que finalmente fiz o que os fãs de cinema estava procurando, não apenas mais curto mas também mais preciso em relação aos personagens do original”, diz o criador desta versão editada, cujo nome no e-mail é David Killstein (este não é um nome real, e ele me pediu para deixá-lo de fora da matéria, e eu não vi nenhum problema nisso.)

Killstein argumenta que sua versão é o que O Hobbit deveria ter sido desde o início. “Peter Jackson transformou as mil páginas de O Senhor dos Anéis em nove horas de filme, mas como você faz isso com um livro de 300 páginas?”, diz Killstein. “Ficou um negócio meio quantidade sobre a qualidade.”

Killstein criou um Tumblr em que você pode obter informações sobre como baixar a versão dele. Ele também montou um trailer que mostra a transição do filme 1 para o filme 2, e remove os Orcs de uma cena de perseguição, pois eles não estavam lá no livro.