Há cinquenta anos, Nick Holonyak Jr. orgulhosamente demonstrou o primeiro diodo emissor de luz (LED, na sigla em inglês) visível, na General Electric. No processo, ele mudou o mundo da iluminação para sempre.

No começo dos anos 1960, os LEDs só conseguiam emitir luzes infravermelhas. Nick Holonyak sugeriu o uso de uma mistura de arseneto de gálio e fosfeto de gálio para criar um que produzisse luz visível, mas foi desacreditado por seus colegas descrentes.

Inabalável, ele resolveu testar a solução e felizmente ela funcionou: nascia ali o LED que conhecemos hoje. O vídeo acima mostra Nick falando sobre a sua descoberta. Cinquenta anos depois, os LEDs estão mais difundidos do que nunca — e em pouco tempo, será bem difícil iluminar a sua casa sem a ajuda deles. [Wired]