O maior arranha-céu do mundo será construído na China em apenas 90 dias. Parece brincadeira, mas não é: o Sky City, que terá 838 metros de altura e 220 andares, vai fazer parte do cenário da cidade de Changsha, próxima ao rio Ziangjiang, a partir de março de 2013.

A promessa é da empresa responsável pela construção do edifício, que tem em seu histórico o hotel de 30 andares que foi levantado em apenas 15 dias. Agora eles dizem que vão construir uma média de cinco andares por dia. Alguns engenheiros envolvidos no projeto também trabalharam no Burj Khalifa, o atual maior prédio do mundo, que fica em Dubai e tem 829 metros de altura.

Para atingir a impressionante média de construção, será usada uma tecnologia modular pré-fabricada desenvolvida pela Broad Sustainable Building, a construtora que já participou de outros projetos na China, incluindo o hotel de 30 andares.

Eles afirmam que aperfeiçoaram a tecnologia desde o desenvolvimento do hotel, e por isso agora conseguirão levantar o arranha-céu mais alto do mundo em apenas três meses. De acordo com a Construction Week Online, a empresa se mostra bastante séria com o projeto. A vice-presidente sênior do Broad Group, Juliet Jiang, disse publicamente que eles “vão manter o planejado com a construção de cinco andares por dia.”

O Sky City usará surpreendentes 220 mil toneladas de aço. A estrutura poderá abrigar mais de 31 mil pessoas de “comunidades de baixa e alta renda”. A empresa diz que a área residencial ocupará 83% da construção, enquanto o resto será de escritórios, escolas, hospitais, lojas e restaurantes. As pessoas vão se mover para cima e para baixo usando 104 elevadores de alta velocidade.

O prédio será bem mais barato para ser construído do que foi o Burj Khalifa.A previsão é que os custos por metro quadrado sejam de US$ 1,5 mil, enquanto a torre de Dubai custou US$ 15 mil por metro quadrado – a economia só é possível por causa da tecnologia pré-fabricada, segundo a construtora.

Eles também dizem que o prédio será resistente a terremotos de magnitude 9 e a incêndios por “até três horas”, assim como também será extremamente eficiente em energia graças a isolamento térmico, janelas de vidro e técnicas diferentes para ar condicionado que já foram usadas em construções anteriores.

Para ser sincero, isso me parece apenas piada. Mesmo que as credenciais anteriores da construtora sejam sérias, uma coisa é levantar um prédio de 30 andares em 15 dias, outra completamente diferente é construir o maior arranha-céus do mundo em apenas 90 dias. Talvez tenha sido o dia da mentira na China ontem.

De qualquer forma, vamos descobrir em março se isso é possível. Se for confirmado, os vídeos de timelapse serão épicos. [Construction Week Online]