A realidade virtual ainda não está pronta. Ah, ela é ótima — mas ainda não te convence por completo de que você está em outro lugar. Mas quanta certeza você tem do mundo real? Ontem, o guru da Oculus, Michael Abrash, usou essas ilusões de ótica para mostrar quão falso nosso mundo real é.

Lembra de Matrix? Você escolheria a pílula vermelha ou a azul?

Isso importa quando as duas são cinza?

npxs05dby9pl56t3ipbh

Acha que esta olhando para quadrados amarelos e azuis nestes Cubos de Rubik abaixo? Pense de novo. (Não , isso não explica aquele vestido horroroso). “As cores que você vê são construídas inteiramente pelo seu sistema de percepção”, explica Abrash.

qqmkneot3ezjf98e5ogw

Abaixo, os pisos centrais são mais claros, certos? “Seu sistema visual inverte a realidade”, diz Abrash.

twbui2yofsmnt5qgrl86

 

E esse tabuleiro tá meio torto, não é?

eiatszvfzjhpj3zykzaj

A única diferente entre o tabuleiro torto e este abaixo é que foram adicionados pontos em cada quadrado. Eles fazem com que você detecte o contraste.

x19d5jkwi2wnpvo3nx7w

Abaixo, qual mesa é maior?

gl6jmyj1lfaloecpvyy0

Estes círculos rodam na mesma direção? Olhe cada objeto bem de perto, um de cada vez…

mbli7i3uvzx7tfmq0xvj

Como este canudo passa diretamente pela janela?

genwxum84f18342mlryu

“Uma série de disposições na janela dão a ela uma perspectiva que não existe. O seu sistema visual acredita que a janela está rodando apenas metade de uma rotação completa. Isso não é o que ocorre na realidade, então você acaba vendo algo impossível”, diz Abrash.

Como é que a cabeça desse dragão está se mexendo?

dr3d2vfaiutttoj4cbcx

Talvez a mais incrível das ilusões que explicou seja a do efeito McGurk. Pule para os 2m30s do vídeo abaixo, olhe para um lábio de cada vez e tende adivinhar o que a mulher está dizendo.

Abrash explica que nossos cérebros foram treinados por anos para aceitar conclusões simples, rápidas e baseadas em poucas informações, em vez de ver o mundo real pelo o que ele realmente é — o que prova o cérebro pode ser enganado.

Como Morpheus diz em matrix — e Abrash citou no começo da apresentação — humanos tem pouco controle da realidade.

“O que é real? Como você define real? Se você se refere ao que você pode sentir, o que você pode cheirar, o que você pode saborear e ver, então “real” são apenas sinais elétricos interpretados pelo seu cérebro.