“O relato a seguir não é um cenário futurista. Não é ficção científica. É uma demonstração de uma… extremamente* incomum, mas mesmo assim intelectualmente fascinante dúvida: o que aconteceria se a terra parasse de rodar?” SPOILER: Nossos continentes virariam um só.

Se esse spoiler não foi o suficiente, a explicação mais completa: sem a força centrífuga, a água do oceano próxima a linha do Equador migraria para as partes da Terra onde a gravidade é maior, os polos, nos deixando com um monte de terra seca.

Se isso não é o bastante, bom para você, geekzinho cientista. A longuíssima (e melhor) explicação pode ser lida aqui: [esri via nerdcore via neatorama]

* Você sabe, isso já aconteceu antes, no filme do Super-Homem de 1978. E se isso não é ser um filme vidente, eu não sei o que é. Vale lembrar também que o Super-Homem só salva a Lois quando volta no tempo. Isso seria algo bacana, se não fosse o fato de outro Super-Homem existir no passado corrigindo injustiças, enquanto o outro Super-Homem salvava a garota. Mas imagine o que aconteceria se, tipo, o momento acabasse. Nós teríamos dois Super-Homens eternamente por aí, salvando a Lois? Um dos Super-Homens teria que ser o Clark Kent 100% do tempo? Eles jogariam par ou ímpar para escolher qual identidade usariam em dias alternados? Eu acho** que não. Eu acho que, quando o Super-Homem voltou no tempo, os dois corpos viraram um só. E você sabe o que isso significa? Todos que não eram a querídissima Lois Lane morreram. Ótimo trabalho, Super-Homem. Ótimo trabalho.

** Eu não vejo esse filme faz quase uma década. É possível que minhas informações estejam distorcidas e eu esteja divagando sobre nada que preste.