Existe um monte de tablets híbridos a caminho. Embora os que já vimos estejam tentando acabar com as diferenças, a Dell parece  focar nas melhores partes ou do notebook, ou do tablet. O seu XPS 10 é o lado tablet dessa abordagem.

O XPS 10 é um tablet baseado em processador ARM de 10″ que vem com um teclado acoplável. Essa é uma postura diferente da… digamos, Samsung com seus slates ATIV Série 5 e 7, que apresentam o teclado de forma muito mais proeminente. Dito isso, o XPS 10 é projetado para trabalhar apenas como um tablet.

Isso pode soar como uma pequena distinção, mas é uma importante. Enquanto as máquinas da Samsung são construídas principalmente como notebooks (elas rodam apenas a versão x86 “completa” do Windows 8), o XPS 10 é um dispositivo com processador ARM que roda o Windows RT, o que o faz ser mais fino, mais leve e mais como um tablet que você compraria para usar como tablet. Pense em “Transformer Prime” mais do que em “notebook que vira tablet.”

Parece um notebook, mas é um tablet.

Mas mais do que um ASUS Transformer, o tablet e a dock se juntam para formar um notebook que transmite a sensação de que eles realmente se completam, em vez de ser apenas um velho teclado anexo a um tablet. O design do XPS é óbvio dos dois jeitos, o que faz uma grande diferença. O teclado da dock, que também dobra a autonomia do aparelho, é um pouco menor que a média, mas ao realizarmos testes de velocidade nele, não se mostrou pequeno o bastante para perder conforto ou precisão, então não parece que isso seja um grande problema. O mecanismo para anexá-lo e removê-lo da base é simples e parece que ele aguenta ser segurado por qualquer uma das pontas.

O XPS 10 compartilha o mesmo design do XPS Duo 12 e dos ultrabooks XPS anteriores. Ele também traz o super melhorado trackpad do Duo 12. Mas, mais importante, ele mantém o mesmo conceito: híbridos são ótimos, mas apenas se você acentua as coisas que fazem um dos dois componentes ser boa. Com o XPS 10, é a leveza, portabilidade e qualidade de construção dos tablets. Precisamos usá-lo mais para ver como ele se comporta, mas por agora, parece-nos uma grande ideia. [Dell]

[nggallery id=26]