O escritor e inventor britânico Arthur C. Clarke previu que o futuro nos traria satélites e computadores menores do que uma sala gigante. Tudo isso se realizou. Ele também previu dispositivos touchscreen móveis que podem ser amassados ​​como um lenço e colocados no bolso.

Graças a pesquisadores do SEL (Laboratório de Energia e Semicondutores) do Japão, estamos chegando lá. A empresa revelou, em uma mostra de comércio no Japão, sua nova touchscreen OLED dobrável de 8,7 polegadas, que possui resolução Full HD e uma densidade de pixels de 254ppi.

Tela OLED se dobra em trêsTela OLED se dobra em três

O mais importante é que ela pode ser dobrada em três partes. Isso permite criar smartphones com a tela dobrada, que seriam compactos e caberiam no bolso; mas quando você quiser assistir a um filme, navegar por suas fotos, ou até mesmo usar vários apps lado a lado, você poderia desenrolar a tela para ter o mesmo espaço de um tablet.

Esta tela tem um grande potencial, mas a SEL ainda não diz quando a tela deve ser produzida em massa para chegar até você. [Nikkei Technology]