A Microsoft anunciou seu novo serviço de webmail, o Outlook, nessa semana e ele é surpreendentemente bom. Mas será que ele é capaz de fazer frente ao rei do webmail, o Gmail? Para lhe dar uma ideia melhor sobre isso, eis aqui um comparativo recurso por recursos entre Outlook e Gmail.

Por Thorin Klosowski

Recurso por recurso, os dois serviços são notavelmente similares. Em resumo:

Tabela comparativa.

Agora vamos aos detalhes.

Interface

Interfaces.

Comecemos pela primeira coisa que você notará quando fizer login pela primeira vez no Outlook: a interface. A maioria de nós está familiarizada com o jeitão do Gmail. A do Outlook não é completamente diferente, mas é um pouco mais simples.

A interface limpa e centrada no email do Outlook

O Outlook dá foco total ao email. É isso. Quando você entra no Outlook, você é apresentado à sua conta de email e nada mais. Ainda existem anúncios na lateral, mas no geral ele é bem menos bagunçado que o Gmail (e muito menos bagunçado que o Hotmail) porque o Outlook não está tentando se integrar a um punhado de outros serviços. Os anúncios são um pouco menos intrusivos porque eles não se baseiam nas palavras-chave da sua caixa de entrada.

A interface centrada no Google do Gmail

Todos conhecemos bem a interface do Gmail a essa altura. Você recebe anúncios personalizados no topo da página principal e na barra lateral dentro das mensagens. Você também tem a janela de bate-papo no lado e a barra do Google no topo. Não é complicado, de forma alguma, mas a barra do Google certamente distrai um pouco.

Espaço e anexos

Espaço em email não é um grande problema como já foi no passado, mas se você troca um monte de arquivos grandes recorrentemente, um latifúndio de espaço vem bem a calhar.

O Outlook tem espaço quase ilimitado e 100 MB de limite nos anexos

Você recebe um espaço de armazenamento “virtualmente ilimitado” no Outlook. Não estamos totalmente certos sobre o que isso quer dizer, mas sabemos que você pode anexar arquivos com até 100 MB em qualquer email. Se você conectar seu email ao SkyDrive, o limite para anexos sobe para 300 MB.

Para anexos que chegam, o Outlook tem as Visualizações Ativas herdadas do Hotmail. Vídeos do YouTube abrem dentro do email, uma coleção de fotos se transforma em um slideshow e você pode abrir qualquer arquivo do Office diretamente em seu navegador.

O Gmail vem com 10 GB de espaço e 25 MB de limite nos anexos

Os limites do Gmail em armazenamento e tamanho dos anexos são bem menores do que os do Outlook. Por padrão, a maioria dos usuários do Gmail tem 10 GB de espaço gratuito e os anexos são limitados a apenas 25 MB de tamanho.

Como no Outlook, o Gmail abre vídeos do YouTube inline, dentro do email. O Gmail também lida com documentos do Office de forma similar e os abre no navegador com a opção de editá-los no Google Docs. As imagens no Gmail são apresentadas em uma visualização em lista convencional e não oferece um slideshow bacana como o que o Outlook tem.

Organização do email

Quick views vs. Labels.

Para usuários avançados, a parte mais importante de um bom cliente de webmail é o sistema de arquivamento automático de emails e a organização. O Gmail redefiniu essas questões a um tempo atrás, mas o Outlook joga algumas novas ideias na mesa.

Pastas de visualização rápida e recurso de limpeza no Outlook

O Outlook não tem o robusto sistema de marcadores e filtragem do Gmail, mas tem alguns truques na manga. Um deles são as pastas de Visualização Rápida. Essas pautas são preenchidas automaticamente com certos tipos de emails (sinalizados, com fotos, documentos, newsletters de sites de compras etc.) Por exemplo, da barra lateral você consegue pesquisar instantaneamente as últimas mensagens com fotos anexas, ou mensagens sobre as ofertas do Groupon. O recurso Limpeza do Hotmail também foi transportado para o Outlook. A Limpeza funciona muito como os marcadores do Gmail, onde emails de certas pessoas ou locais são automaticamente arquivados em uma pasta de sua escolha.

Marcadores, filtros e mensagens prioritárias no Gmail

Usar os labels, ou marcadores do Gmail é uma forma fácil de não se perder nos emails que são importantes e onde eles se localizam. Melhor ainda, é fácil configurar um filtro automático que fica de olho na caixa de entrada e distribui automaticamente as mensagens naqueles marcadores. Se você ainda assim se sentir sufocado com a enxurrada de mensagens, a caixa prioritária é um salva-vidas ao determinar quais mensagens são realmente importantes e merecem atenção imediata.

Controle de lixo

Bloquear rementes.Todo mundo odeia spam e nenhum webmail vale a pena se ele não tiver um bom sistema de filtragem dessas mensagens indesejadas. Claro, não é só spam, tem também aqueles emails “lixo” que você você pediu para receber (algumas newsletters, listas de emails, cupons de desconto etc.)

O controle de spam e a esperta filtragem em lote do Outlook

Só o tempo dirá o quão bom é o controle de spam do Outlook, mas um dos recursos mais legais dele é como ele lida com mensagens tipo newsletter. O Outlook automaticamente rotula essas mensagens e acrescenta um botão de cancelamento de assinatura nelas — mesmo que o email não traga um por conta própria. É bem útil para filtrar quais emails você não se importa em receber, mas não deseja ser alertado constantemente sobre a sua chegada.

O controle de spam e configurações de filtros do Gmail

O Gmail tem um filtro antispam bem bom e é bem provável que você não tenha muito problema com isso. Entretanto, ele não traz o mesmo sistema de filtragem em lote para a bagunça de emails que você recebe. Ainda assim, é muito fácil configurar seu próprio filtro para coisas como newsletter. Basta criar um novo filtro com palavras como “opt-out, cancelar, unsubscribe, política de privacidade, privacy policy” e todas as suas newsletters e cupons serão filtrados para uma seção própria.

Suporte a POP/IMAP

IMAP e POP no Gmail.Se você usa um cliente de email de terceiros em seu desktop ou celular, o suporte a POP ou IMAP é crucial para manter tudo em ordem. Ele também é importante para quando é preciso checar o email sem ter uma conexão à Internet.

O Outlook não suporta IMAP ou POP, em vez disso usa o ActiveSync

E chegamos a um dos pontos baixos do Outlook: ele não suporta IMAP ou POP. Isso significa que usar certos tipos de clientes de email de terceiros, como o Mail.app do OS X, não dará certo. Como a leitora Samantha82 avisa, você ainda pode seguir o guia para uso do Hotmail com POP que deve funcionar com o Outlook. Em vez disso, o Outlook usa o ActiveSync. Consequentemente, você só conseguirá usar apps de email que suportem o ActiveSync.

O Gmail tem suporte completo tanto a IMAP, quanto a POP

O Gmail suporta ambos, IMAP e POP, e você pode alterar as configurações em tempo real de forma super fácil. Isso significa que sincronizar o email entre múltiplos clientes é tranquilo. Também quer dizer que você pode acessar seus emails arquivados mesmo quando estiver offline.

Recursos de pesquisa

Pesquisa avançada.

Se você recebe centenas de emails por dia, um sistema de pesquisa sólido é essencial em qualquer cliente de webmail. Você não quer passar mais do que alguns minutos (segundos, preferencialmente) procurando por uma mensagem.

O Outlook tem uma pesquisa simples, mas efetiva

O mecanismo de pesquisa do Outlook é bem direto. Você pode pesquisar usando uma simples palavra-chave ou ir para a pesquisa avançada e afunilar os termos usando endereços de email, assunto, pastas e datas. Não é nada muito complexo, mas funciona bem o bastante.

Os operadores de pesquisa avançadas e abrangentes do Gmail

Os operadores de pesquisa do Gmail são bem avançadas. A parte boa sobre a busca do Gmail é que você não precisa lidar com um monte de caixas de texto/opções. Em vez disso, você digita comandos, como label, list ou filename, diretamente no campo de pesquisa. É rápido e eficiente para pesquisas rápidas dentro do email.

Integração social

Círculos no Google+O email é naturalmente social, mas se você estiver pensando em conectar as suas várias contas em redes sociais ao email, está cada vez mais fácil fazê-lo.

A integração social do Outlook com Facebook, Twitter e Linkedin

O Outlook se integra diretamente com Facebook, Twitter e LinkedIn. Após se logar em qualquer um desses serviços, você passará a ver atualizações de status, contas de email conectadas e mais. Da barra lateral você poderá retuitar pessoas no Twitter, comentar e curtir status no Facebook, dentre outras coisas. Se você não gostar do recurso, basta não ativá-lo.

O Gmail se integra com o Google+

Como o Gmail é propriedade do Google, a sua integração social começa e para no Google+. Os dois serviços estão unidos de várias formas, incluindo lista de contatos, filtragem de email e mais. Se seus amigos estiverem usando o Google+, você pode até criar grupos de email instantâneos e enviar mensagens em massa para eles.

Qual é o melhor para você?

O Outlook é o novato, mas é a escolha óbvia e do tipo que não se pensa meia vez para quem usa atualmente o Hotmail. É, também, uma boa saída para quem busca um cliente de webmail que só funcione como email. A sua simplicidade é a sua maior força. Dito isso, a integração do Gmail com todos os outros serviços do Google é boa e  seus recursos avançados e opções de personalização são mais atraentes a usuários avançados.