João Pelizari, o simpático criador da engenhoca, é um mecânico de Embu que tem 42 anos, fica em casa a maior parte do tempo por problemas na coluna. Como ele tinha que fazer alguma coisa para se manter ocupado, decidiu espalhar o terror e pânico entre a população alegrar a molecada com o disco-voador, que na semana passada novamente fez suas evoluções na noite de Embu, dessa vez filmado pela Globo (será que o truque era sabido desde o início?). A reportagem pode ser vista na íntegra no site da Globo, e é interessante ver como o negócio foi feito em detalhes, caso você esteja com a intenção de quebrar a monotonia do céu da sua cidade. É claro, nem tudo foi revelado:

O mecânico só não conta um segredo. “É o motor da nave. É o que faz ela girar constantemente. Esse ninguém vai ver. Um dia, quem sabe, eu vou patentear e ele vai gerar energia para milhões de brasileiros”, promete.

Alguém tem algum palpite? [Globo]